Faro

PSD | Apresentação dos candidatos a Montenegro marcada por fortes críticas à candidatura socialista

Apesar do calor tórrido que abafou toda o concelho de Faro neste Domingo, foi em ambiente de grande entusiasmo e confiança que a coligação JUNTOS POR FARO apresentou a sua lista candidata à Freguesia de Montenegro, num arraial que teve lugar ao final da tarde no Clube Desportivo de Montenegro. Perante uma assistência de 250 pessoas, foram ao palco do polidesportivo todos os elementos que integram a lista que, mais uma vez, é liderada por Steven de Sousa Piedade.

Os candidatos do PSD à Junta de Freguesia de Montenegro

Os candidatos do PSD à Junta de Freguesia de Montenegro

À mandatária, Prof.ª Maria Dolandina Oliveira e ao Prof. João Beles, em representação do Movimento de Independentes do Montenegro (MIM), que integra novamente a coligação, couberam as primeiras intervenções da tarde. Após o que foram chamados ao palco todos os elementos que compõem a lista para a Assembleia de Freguesia do Montenegro.

Depois, foi Steven Piedade quem usou da palavra numa emocionada intervenção em que começou por fazer um retrato do que mudou durante os quatro anos do seu mandato:

“O Montenegro era uma freguesia sem dinâmica, dependente da câmara para as suas acções, fossem elas simples ou complexas. Nos últimos quatro anos, mudou-se a forma de estar, a forma de agir, a forma de encarar os problemas e anseios da população. Muito do que se fez, foi graças ao espírito empreendedor de uma equipa dedicada que encarou cada obstáculo como uma oportunidade, cada dificuldade como um estímulo e as diversas parcerias estabelecidas com instituições da Freguesia. Este é o caminho que queremos continuar nos próximos 4 anos”.
E quanto ao futuro?

“O futuro passa por nos mantermos despertos para a nossa relevância. Criámos a consciência da importância estratégica da nossa freguesia: articulamos no nosso território uma Universidade, um Aeroporto, a Ilha de Faro, uma vasta área de Parque Natural, incontáveis equipamentos coletivos. Não podemos retroceder. Sob pena de voltaremos a cair na inatividade e na dependência dos Paços do Município. Juntos continuamos a fazer!”.

ROGÉRIO BACALHAU CRITICA PROMESSAS COR-DE-ROSA

Depois de saudar os presentes e de agradecer o gesto de Steven Piedade, que se disponibiliza para mais um mandato no Montenegro, Rogério Bacalhau avisou que o seu discurso não iria ser feito apenas de “coisas boas”. E de facto, a sua intervenção ficou marcada por um conjunto de fortes críticas a “todos os que fazem desta eleição um coro de promessas cor-de-rosa”. Começou por convocar a memória de todos para lembrar o estado do Município em 2009:

“Era uma câmara sem rumo, sem crédito, sem liderança, sem estratégia, sem credibilidade. Mas com dívida, com muita dívida. O que estes senhores que por aí andam com as suas promessas cor-de-rosa fizeram, foi criar um monstro. Um monstro que nos hipotecou o futuro durante muitos anos, o nosso e dos nossos filhos”.
De seguida, criticou a manifestação de sobranceria demagógica da candidatura socialista, que anunciou prescindir de um outdoor de campanha para colocar um anúncio publicitário sobre o concelho. A isto chamou “estratégia demagógica nunca vista”.

“Se estes senhores tivessem amor à verdade, o que eles deviam por nesse seu outdoor era «venham a Faro, invistam em Faro, apostem em Faro porque agora já há gente séria à frente dos destinos do Município». Gente que dá o exemplo e a cara às empresas, aos bancos, aos investidores e aos diferentes agentes económicos, sociais e culturais que, esses sim, é que impulsionam o concelho para a frente!”.

Sobre promessas eleitorais, Bacalhau garantiu só fazer as “realizáveis”. O que contrasta com aqueles que começam a faltar ao prometido mesmo antes das eleições:

“Cuidado com a demagogia. Há 2 meses anunciaram solenemente que iriam colocar 40% de mulheres nas suas listas. Mas no dia de entrega das listas o tribunal disse-lhes: os senhores estão a violar a lei da paridade. Eu digo mais: os senhores estão a faltar à verdade ao povo, a faltar ao prometido escassos dois meses após as suas promessas”.

O candidato da coligação JUNTOS POR FARO teve ainda tempo para elencar as obras e medidas tomadas durante este mandato:

“Foi a limpeza do concelho; o arrumo dos arruamentos; a criação de regras e critérios claros e transparentes para toda a gestão; o arranque da obra do parque ribeirinho; o Pavilhão da Penha que será inaugurado no dia da cidade, pondo fim a um folhetim com mais de dez anos; o arrumo e o planeamento urbano do concelho (aqui em Faro não se planeava! Fazia-se ao sabor dos interesses deste ou daquele promotor). Conseguimos ainda a definição histórica das fronteiras com Loulé; fizemos chegar água e esgotos a quem ainda não dispunha destas infra-estruturas básicas.

Fizemos mais: completámos o Parque das Figuras, criámos os Parques Bio Saudáveis, o Polidesportivo do Patacão, o Ginásio do Mercado Municipal, as carreiras de barco para a Ilha da Culatra. Fizemos um Plano Estratégico, estamos a fazer a revisão do PDM, o Programa de Desenvolvimento Turístico, a Carta Educativa, a Carta Social…Fizemos o reequilíbrio financeiro do Município e agora estamos em condições de lançar na economia 21 M € para pagar as dívidas que os senhores dos cartazes andaram a criar em Faro. Num tempo em que se comprava e não se pagava. Num tempo em que se prometia, mas não se cumpria”.

Para o final ficou o apelo:

“Meus amigos, estamos no fim de uma etapa. Estamos no meio do caminho. Tenho uma confiança enorme em vós. Sei que nos vão permitir continuar o difícil caminho que ainda agora começámos. Um caminho que ajudei a trilhar sob a liderança do Eng.º Macário Correia e que nos permitiu resgatar a autarquia das trevas em que estava mergulhada. Sim, não me canso de o dizer nesta campanha. A CMF é hoje pessoa de bem”.

QUEM É STEVEN PIEDADE

Steven Piedade nasceu em 1973 nos Estados Unidos e é descendente de famílias do Montenegro, para onde veio bem jovem. Por aqui se licenciou-se em Ensino da Informática e foi como professor de informática que iniciou a sua carreira profissional, tendo passado pelas Escolas Secundárias Poeta Aleixo, em Portimão, Pinheiro e Rosa e João de Deus em Faro.

Actualmente é Presidente de Junta do Montenegro desde 2009, tendo cumprido um mandato reconhecidamente positivo. Esteve na Assembleia de Freguesia entre os anos de 2001 e 2005. Orgulha-se da actividade desenvolvida na Junta, essencialmente porque esta ganhou autonomia operacional face à Câmara e se posicionou mais próxima de quem precisa.

Com grande dedicação ao movimento associativo, Steven Piedade é actualmente Director da Comissão Regional Executiva da ANJE, membro da Assembleia Geral do Turismo do Algarve, membro do Conselho de Arbitragem da Federação de Vela e sócio fundador do Clube Todo o Terreno de Faro.

A Direcção de Campanha

Categories: Faro

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.