Algarve

PORTIMÃO | Terminou a Sétima Etapa da Solverde Poker Season 2019

Terminou no passado dia 13 de Outubro o Main Event da sétima etapa da Solverde Poker Season 2019, que decorreu no Hotel Algarve Casino em Portimão e que reuniu 209 participantes registados. Com um buy-in de €300, o torneio contou com a participação de vários jogadores profissionais e semi-profissionais portugueses e de fora do país, tendo atribuído prémios monetários a cada um dos primeiros 25 classificados.

O grande vencedor da etapa foi o português Pedro Poças, que levou para casa um prémio de aproximadamente €14,000, depois de ter defrontado na mesa final jogadores como Valter Martins, que terminou em segundo lugar, Rafael Santos, Carlos Neves, Rui Janeiro, ou Adriano Conceição, que levou para casa um prémio de €4,310. De entre as concorrentes femininas, Rute Monteiro foi a melhor classificada, tendo ficado na décima-terceira posição, graças à qual obteve a recompensa mais modesta de €620.

Houve acordo entre os finalistas

A comunicação especializada revelou ainda que existiu um acordo de heads-up entre os dois finalistas, mas os montantes não foram revelados. Os acordos de heads-up existem no poker praticamente desde sempre, mas só recentemente foram incluídos nos eventos ao vivo como parte do espectáculo. O seu objectivo é o de minimizar as perdas muitas vezes injustas que possam ser aplicadas ao segundo classificado; assim, os dois finalistas decidem à partida, ainda antes de se conhecer um vencedor, de que maneira consideram justo reorganizar os valores atribuídos para os primeiro e segundo lugares.

O Grupo Solverde e o Poker no Algarve

O Solverde Poker Season é o torneio de poker ao vivo mais conhecido de Portugal, tendo para além disso sido o primeiro circuito português do género. O Grupo Solverde é responsável por patrocinar este prestigiado torneio itinerante desde 2006, sendo que este passa todos os anos por vários casinos do país, desde o Casino de Chaves até ao Casino de Vilamoura. Depois da etapa disputada no Hotel Algarve Casino, o torneio segue para o Casino de Espinho, onde desde 31 de Outubro até 3 de Novembro os participantes terão a oportunidade de jogar pelo cobiçado primeiro prémio, sempre superior a €10,000.

O Grupo Solverde é a entidade empresarial portuguesa que mais aposta no poker em Portugal e o grupo administrado por Joel Pais já ofereceu garantias de querer continuar a investirna modalidade de casino, que tem sido especialmente bem-vinda aos casinos do Grupo Solverde no Algarve. O Casino Vilamoura será a infraestrutura fundamental para o desenvolvimento desta aposta, que terá como objectivo – ou pelo menos como inferência indirecta – a continuação da fomentação do turismo na região. Recentemente, o Casino Vilamoura foi mesmo albergue de um dos maiores torneios de poker que alguma vez passou pelo nosso país: o WPT DeepStacks Portugal 2019.

WPT DeepStacks Portugal 2019

Com o patrocínio da 888 poker pt, uma das novas plataformas de poker online que tem vindo a apostar com força no mercado nacional, o WPT DeepStacks Portugal 2019 aconteceu nos passados meses de Agosto e Setembro no Casino de Vilamoura. Contrariamente ao Solverde Poker Season, este foi um evento realizado exclusivamente em Vilamoura, mas esteve integrado numa série de torneios ao vivo de renome que acontecem em vários países do mundo, desde as Bahamas até ao Japão.

Por ser um torneio internacional, o WPT DeepStacks Portugal 2019 atraiu vários visitantes estrangeiros, assim como os melhores jogadores profissionais de poker do país. O prize-pool, que é o valor total de dinheiro a ser distribuído em prémios durante um torneio, registou-se em €250,000, o que ajudou a atrair mais de 430 participantes. Para que se tenha uma ideia da valorização desta competição, o prémio mais baixo da mesa final do WPT DeepStacks, atribuído ao oitavo classificado, era superior a €10,000, ficando-se mais concretamente pelos €11,540.

Vários portugueses entre os finalistas

A mesa final contou com vários jogadores portugueses, mas a vitória acabou por sorrir ao jogador francês Silma Macalou, que garantiu um prémio de €91,660, para além de ofertas promocionais adicionais. Logo no segundo lugar, surge o português mais bem-sucedido: Vasco Mesquita, que levou para casa uma recompensa no valor de €61,050 e que, em declarações à imprensa especializada, se mostrou muito feliz pelo resultado e enalteceu a importância da passagem de grandes eventos de poker por Portugal. Logo a seguir, no terceiro e quarto lugar da mesa final, ficaram Paul Cukierman e Alexander Dolle, que receberam, respectivamente, €45,030 e €33,520.
Ainda não existe confirmação oficial de que o WPT vá voltar ao Algarve, mas a julgar pelas declarações feitas pelo Grupo Solverde, é muito provável que este não tenha sido o último torneio de poker ao vivo de renome internacional a ter decorrido no Algarve.

Se é fá do popular jogo de casino, esteja atento a novos eventos a partir do site do Casino Vilamoura e aproveite entretanto para dar um salto em Espinho para a próxima etapa da Solverde Poker Season.

Categories: Algarve, Desporto, Portimão