Albufeira

ALBUFEIRA | “Projeto Ser” apoia crianças e jovens na gestão das emoções

Gerir a ansiedade e as emoções, aprender a ter autocontrole e a socializar com outras crianças, bem como fomentar a autoestima, são alguns dos objetivos do “Projeto SER”, desenvolvido pelo Município de Albufeira nos Jardins de Infância e nas escolas do 1.º ao 3.º ciclo, dentro e fora da sala de aula. O projeto comporta 12 programas, desde aprender a relaxar, a ouvir, a respirar e a saborear alimentos em silêncio.

Com o objetivo de fomentar a autoestima das crianças, de modo a aprenderem a valorizar as suas ações e saberem lidar com a frustração, o Município de Albufeira, através da Divisão de Educação, tem em curso o “Projeto Ser” que engloba diversas intervenções e compreende um vasto conjunto de programas.

Este projeto está a ser alvo de estudo por parte dos técnicos, no sentido de aferir da eficácia deste modelo de intervenção junto das crianças, ao nível da gestão das emoções.

O “Projeto Ser” destina-se aos alunos do 1.º ciclo de estudos e desenvolve 12 programas, nomeadamente: “Hora de Relaxar” (pela equipa das AAAF´s às crianças dos Jardins de Infância), “Relaxa(mo)mento” (também aberto a professores e funcionários), “(A)Calma” (relaxamento guiado por áudio, alargado aos pais e encarregados), “SER Família” (atividades mensais diversas  em todas as freguesias) e “Igual entre todas as Diferenças” nos CAA´s – Centros de Apoio à Aprendizagem (Apoio nas Unidades de Deficiência), constando de sessões semanais adaptadas a crianças/jovens especiais ou com diagnósticos, sendo que cada sessão é adequada a cada problemática. Há ainda os programas “Saborear” (sensibilização das crianças e pessoal docente e não docente para a prática do “silêncio”, atenção plena e presença consciente, especialmente na hora da refeição) e “Escuta o teu coração” (para crianças do 2.º ciclo), “Ouve a tua voz” (para alunos do 3.º ciclo) e “Sente o teu ser”, que constam de nove audições mensais de exercícios com vista ao controle da respiração, de modo consciente e sequencial.

Um outro programa está a ser desenvolvido com a CPCJ, chamado “Serenamente”, bem como um outro, designado “Ser Amor”, para casos comportamentais mais “desafiantes” de crianças e jovens ainda sem diagnóstico, que implica sessões práticas de acompanhamento semanal. Trata-se de um programa piloto a ser desenvolvido no Agrupamento de Escolas Albufeira Poente.

“Numa altura em que as crianças estão a sair de um período de isolamento e de um clima de suspeição ao nível da saúde, trabalhar a área das emoções dos mais jovens é fundamental”, refere o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Rolo.

Categorias:Albufeira