Desporto

Portista de Quarteira brilhou na Final das PT Poker Series

vencedor_series

Ricardo Grosso é o Campeão Nacional de Póquer Online 2013. Este portista de Quarteira, que atua na Pokerstars como “FCGrosso83”, impôs-se no Main Event de No Limit Hold’em das PT Poker Series, a grande final da competição, após mais de 7 horas de ação nas mesas da Pokerstars. As faixas, neste caso simbólicas, quase a fazer lembrar os derradeiros sucessos do clube de qual é adepto, foram encomendadas depois de ter levado a melhor sobre Bruno “u_virgem666” Mendes no duelo final.

A luta pela bracelete que distingue o detentor do título foi assumida por 57 jogadores, que começaram a encarar as cartas pelas 18.30, acabando o torneio somente à 1.43 da madrugada de segunda-feira, ainda assim bastante mais cedo do que em 2012. Na mesa final, a presença de vários pesos-pesados da modalidade abrilhantou a competição, com destaque para o bronze de João “Naza114” Vieira, um dos melhores jogadores de torneios a nível mundial, mas que apesar da sua sobrecarregada agenda dominical não deixou de ir à luta pelo estatuto de campeão.

Na mão decisiva, Ricardo Grosso, que se assume como dragão e praticou futsal pela Casa do FC Porto de Quarteira, meteu todas as fichas no flop 10-9-4 com dois paus, tendo Bruno Mendes pago imediatamente tendo apenas Valete-4, que não chegava para o 10-7 do seu oponente. As cartas 5 e 10 que vieram no turn e no river mantiveram a tendência da mão, encerrando de imediato o torneio.

O prémio garantido por Ricardo Grosso é equivalente a 2.542 euros. Porém, o orgulho de ostentar o título do Main Event de No Limit Hold’em das PT Poker Series, bem como a bracelete de Campeão Nacional, provavelmente constituem motivo de gratificação acima de qualquer valor financeiro. Grosso sucede a Jorge “QuimQuim” Lopes (2010), Rui “Sousinha23” Sousa (2011) e André “Cohen8” Cohen (2012) como detentor da bracelete mais desejada do póquer online português.

Record

Categories: Desporto, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.