AGENDA

“Cinema às 6.ªs” exibe no TEMPO filmes independentes

tabu

No próximo dia 15 de fevereiro, será exibido no Pequeno Auditório do TEMPO, pelas 21h30, o filme “Tabu” de Miguel Gomes, iniciando-se assim o “Cinema às 6ªs”, uma programação regular de filmes independentes que, duas vezes por mês e sempre às sextas-feiras, trará ao Teatro Municipal de Portimão obras da 7.ª arte de realizadores de todo o mundo.

“Tabu” venceu o Prémio da Crítica do Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 2012, e continua a acumular distinções um pouco por todo o mundo, tendo sido recentemente escolhido como segundo melhor filme do ano no top ten promovido pela revista britânica Sight & Sound, publicação do British Film Institut, e eleito pela revista francesa Cahiers du Cinéma como um dos melhores filmes do ano.

Women are Heroes

Women are Heroes

Em março, seguem-se duas longas-metragens que também granjearam o apreço da crítica: o documentário “Women are heroes” do fotógrafo e artista de rua francês JR, vencedor do Prémio TED 2011, que será exibido a 8, pelas 21h30, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher; e “Uma vida melhor” do francês Cédric Kahn, que valeu a Guillaume Canet o Prémio de Melhor Actor no Festival de Cinema de Roma e que conquistou também o prémio Especial do Júri e Prémio Cineuropa no Lisbon and Estoril Film Festival, a apresentar no dia 15 de Março, também às 21h30.

Uma Vida Melhor

Uma Vida Melhor

Seguem-se “Cosmopolis” do aclamado realizador canadiano David Cronenberg, produzido pelo português Paulo Branco, no dia 12 de abril, e o thriller político sobre a operação que levou ao assassinato de Humberto Delgado pela PIDE “Operação Outono” de Bruno de Almeida, no dia 26 do mesmo mês.

Dia 19 de maio, será a vez do controverso e premiado filme de Leo Carax “Holy Motors”, que conquistou o Prémio de Melhor Filme e Melhor Realizador na competição fantástica do Festival Sitges 2012, foi nomeado para Palma de Ouro do Festival de Cannes 2012 e foi escolhido como quarto melhor filme do ano no já referido top ten da revista Sight & Sound. Segue-se “Autobiografia de Nicolae Ceausescu”, do romeno Andrei Ujica, vencedor de Melhor Edição do Gopos Awards 2011, a ser exibido dia 24 de maio.

Junho traz “Elena” do russo Andrey Zvyagintsev, vencedor do Prémio Especial do Júri do Festival de Cannes 2011, no dia 14, e no dia 28 é a vez de “O Polícia” do israelita Nadav Lapid, vencedor do Prémio Especial do Júri do festival de Cinema de Locarno, do Prémio de Melhor Primeiro Filme, Melhor Argumento e Melhor Fotografia no Festival de Cinema de Jerusalém, e Prémio do Público no Festival de Cinema de Nantes.

No dia 12 de julho, o TEMPO exibe “Ali, o caçador” do realizador iraniano Rafi Pitts, nomeado para o Urso de Ouro do festival de Cinema de Berlim, ao passo que no dia 26, e a fechar a temporada antes do verão, é a vez de “O meu maior desejo” do japonês Hirokazu Koreeda, que conquistou o Prémio de Melhor Argumento no Festival de San Sebastián.

Os bilhetes para o “Cinema às 6ªs” têm sempre o valor de 3 euros e podem ser adquiridos na bilheteira do TEMPO, de terça a sábado, das 10h00 às 19h00, e em dias de espetáculo das 10h00 às 21h30. Para mais informações e reservas: 282 402 475 / 961 579 917, ou através do sítio: http://www.teatromunicipaldeportimao.pt.

CM-Portimão

Categories: AGENDA, Portimão

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.