Desporto

Troféu Cidade de Loulé | Carlos Oyarzun é o primeiro vencedor do ano em Portugal

aspresize

O chileno Carlos Oyarzun (Louletano-Dunas Douradas) estreou-se da melhor forma no pelotão português, vencendo a Prova de Abertura – 3º Troféu Cidade de Loulé, hoje disputada ao longo de 150,8 quilómetros, com partida em Quarteira e chegada em Loulé. Leonel Coutinho (Liberty Seguros/Feira/KTM) foi o melhor sub-23.

O ciclista, que representou a equipa WorldTour da Movistar em 2011 e que é o actual campeão chileno de fundo e de contra-relógio, foi o mais forte do grupo de escapados que conseguiu alcançar a meta na dianteira. André Cardoso (Selecção Nacional/Liberty Seguros) foi o segundo e Arkaitz Duran (Efapel-Glassdrive) fechou o primeiro pódio da temporada.

A fuga que marcou a corrida deu-se com cerca de 15 quilómetros percorridos. O forte vento ajudou um grupo numeroso a distanciar-se do pelotão, que ficou seccionado em vários blocos. Na dianteira colocaram-se nove homens, dos quais sete resistiram à única montanha do dia, de terceira categoria, na Picota.

O septeto do dia for constituído por Ricardo Mestre e Tiago Machado (Seleção Nacional/Liberty Seguros), Alejandro Marque (OFM-Quinta da Lixa), André Mourato (LA Alumínios-Antarte), Carlos Oyarzun (Louletano-Dunas Douradas), Henrique Casimiro (Carmim-Tavira) e Ricardo Vilela (Efapel-Glassdrive). A estes juntaram-se, já nos últimos 50 quilómetros, André Cardoso (Seleção Nacional/Liberty Seguros) e Arkaitz Duran (Efapel-Glassdrive). Na aproximação à meta, com o pelotão atrasado, foram os fugitivos que jogaram as suas cartadas, tendo Carlos Oyarzun sido o mais forte na técnica aproximação à chegada.

“Foi a minha estreia no pelotão português e estou muito feliz com a vitória. A corrida foi muito difícil, porque praticamente não encontrámos um metro plano. Do princípio ao fim, o terreno foi sempre a subir e a descer. Além disso, os adversários estavam em muito boa condição, dificultando a minha tarefa”, afirmou o vencedor no final da prova.

Leonel Coutinho (Liberty Seguros/Feira/KTM) foi o melhor sub-23. O segundo nesta categoria foi Daniel Freitas (Anicolor) e o terceiro Renato Avelar (Liberty Seguros/Feira/KTM).

A Selecção Nacional/Liberty Seguros impôs-se por equipas, tendo a Liberty Seguros/Feira/KTM sido a melhor formação de clube. Alejandro Marque aproveitou a escapada para subir ao pódio como melhor vencedor da classificação da montanha e Henrique Casimiro ganhou as metas volantes.

Classificação (Quarteira – Loulé, 150,8 km)

* 1º Carlos Oyarzun (Louletano-Dunas Douradas), 3h45m53s (Média: 40,056 km/h)

* 2º André Cardoso (Seleção Nacional/Liberty Seguros), mt

* 3º Arkatiz Duran (Efapel-Glassdrive), mt

* 4º Henrique Casimiro (Carmim-Tavira), mt

* 5º Alejandro Marque (OFM-Quinta da Lixa), mt

* 6º Tiago Machado (Seleção Nacional/Liberty Seguros), mt

* 7º André Mourato (LA Alumínios-Antarte), mt

* 8º Ricardo Mestre (Seleção Nacional/Liberty Seguros), a 6s

* 9º Ricardo Vilela (Efapel-Glassdrive), a 23s

* 10º Filipe Cardoso (Efapel-Glassdrive), a 4m38s

Carlos Pereira

Categories: Desporto, Loulé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.