Ocorrências

TAVIRA | Lagar de azeite faz descarga ilegal

lagar2

Militares do Núcleo de Protecção Ambiental do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Tavira detetaram na terça-feira, 05 de março de 2013, uma descarga intencional de águas residuais para o meio hídrico, provenientes de um tanque de retenção pertencente a um lagar de azeite.

lagar1

Para o efeito, os responsáveis do referido lagar utilizavam uma bomba elétrica submersível, a qual debitava as águas residuais diretamente para uma linha de água, aproveitando o aumento do caudal naquela linha, provocada pela elevada pluviosidade que se fez sentir por estes dias, para encobrir a referida descarga.

O Núcleo de Protecção Ambiental fez cessar de imediato a infração, neutralizando esta conduta delituosa, impedindo desta forma a poluição do meio hídrico, aquíferos e terrenos limítrofes a jusante daquele local.

Foram identificados os responsáveis pela infração e apreendidos os meios utilizados, sendo elaborado o competente auto de notícia por contraordenação pela infração ambiental detetada.

De referir que o lagar em causa, localizado nas imediações da localidade de Stª Catarina da Fonte do Bispo (Tavira), já é reincidente neste tipo de infrações ambientais muito graves, incorrendo por este ato numa sanção que tem como valor minímo 200.000 €.

A Guarda Nacional Republicana reitera total disponibilidade para recolha de denúncias e contributos na área ambiental, pugnando pela defesa dos valores ambientais e por uma melhor segurança e bem estar das populações.

O Oficial responsável pela comunicação do Comando Territorial de Faro, Ten-Cor Infª José Alberto Ferreira de Azevedo Palhau

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.