Ocorrências

Dois assaltos a tabaco num dia

Em menos de 24 horas, uma carrinha e um armazém de duas distribuidoras de tabaco foram assaltados, em Quarteira e Portimão. No caso da carrinha, os ladrões apontaram uma pistola ao vendedor que sequestraram e abandonaram pouco tempo depois, num local ermo.

O ataque à carrinha da Grudisul ocorreu pelas 11h00 de anteontem, quando o vendedor, de cerca de 40 anos, que tinha parado a viatura, se preparava para retirar alguns artigos do interior do veículo para um cliente. “De repente chegaram dois homens encapuzados junto dele, apontaram-lhe uma pistola e obrigaram-no a entrar no veículo”, relataram ao Correio da Manhã fontes próximas da empresa.

Tanto a carrinha – de onde foi retirado o tabaco que transportava – como o vendedor seriam abandonados pelos ladrões, cerca de hora e meia depois, “num descampado, junto aos campos de golfe de Vilamoura”, adiantaram as mesmas fontes, segundo as quais a vítima “não foi agredida”. O valor do roubo, que está a ser investigado pela Polícia Judiciária, situa-se perto dos 10 mil euros. Na madrugada de ontem foi a vez do armazém de Portimão da Midsid ser atacado. Os assaltantes, que serão “pelo menos dois”, segundo a PSP, que investiga o crime, cortaram a rede do recinto e arrombaram as portas do armazém. Depois furtaram uma grande quantidade de tabaco, no valor de milhares de euros, que transportaram numa carrinha da firma – esta terá sido localizada ontem, perto de Palmela.

Fonte: CM

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.