Algarve

Secretário de Estado fez batismo de mergulho

Balanço «muito positivo» em visita oficial

Secretário de estado do Turismo no seu batismo de mergulho

Secretário de estado do Turismo no seu batismo de mergulho

 

A visita ao Algarve do secretário de Estado do Turismo terminou hoje com balanço «muito positivo». A garantia foi dada pelo presidente da entidade regional de turismo, Desidério Silva, que acompanhou o governante nos últimos três dias.

Adolfo Mesquita Nunes foi convidado a conhecer de perto alguns dos produtos complementares ao tradicional sol e praia, e que a par do golfe permitem esbater a sazonalidade que afeta o maior destino de férias do País.

Equipado a rigor, o secretário de Estado fez o batismo de mergulho numa experiência única nas águas junto à Ponta João d’Arens, em frente a Alvor (Portimão). Mesquita Nunes quis dar visibilidade ao turismo de mergulho e ao projeto «Ocean Revival», um parque subaquático que resultou do afundamento de antigos navios de guerra da Marinha Portuguesa a cerca de duas milhas da costa.

O objetivo será passar de 10 mil para 90 a 100 mil mergulhos e 70 milhões de euros de receitas por ano, promovendo nos mercados inglês, irlandês, alemão e escandinavo o mergulho no Algarve fora da época alta de verão.

«O turismo náutico e o turismo ligado ao mar são áreas em que o Governo está claramente a apostar», explicou o secretário de Estado do Turismo, que defende igualmente menos taxas e menos burocracia no acesso à atividade turística.

Turismo de saúde e bem-estar

Para o presidente do turismo algarvio este «é o momento ideal para dar a volta, agarrando o sol e praia como âncora e apostando em produtos complementares para gerir a sazonalidade na região».

Desidério Silva dá como exemplos, para além do turismo náutico, o turismo de natureza, o turismo desportivo, o turismo residencial, a gastronomia e o turismo de saúde e bem-estar – realidade que também foi dada a conhecer ao secretário de Estado do Turismo num encontro com o trade e as entidades que operam na área, incluindo hospitais privados, clínicas e hotéis com SPA.

O roteiro de Mesquita Nunes incluiu ainda a divulgação da medida «Formação-Algarve», instrumento de apoio público de combate ao desemprego sazonal na região, a visita à Universidade do Algarve para conhecimento das atividades na área do turismo promovidas pela instituição pública e a participação, esta manhã, num debate promovido pelo Diário de Notícias dedicado ao mar e ao turismo.

ERTA/GREX

Categories: Algarve, Turismo

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.