Loulé

QUARTEIRA | Possolo Viegas apresenta candidatura à Junta de Freguesia

Manuel Possolo Viegas

Manuel Possolo Viegas

A candidatura de Manuel Possolo Viegas (PSD) à presidência da Junta de Freguesia de Quarteira promoveu a sua apresentação pública na ultima sexta feira, dia 31 de maio, no Auditório do Centro Autárquico daquela cidade.

1publico

Perante uma sala completamente lotada e ainda com pessoas no seu exterior, pelo palco passaram diversas figuras da comunidade quarteirense que teceram os mais variados elogios e enalteceram as caraterísticas pessoais do candidato.

1publico1

A apresentação terminou com as intervenções de Helder Martins, candidato do PSD à Câmara Municipal de Loulé, de Seruca Emídio, presidente em exercício da autarquia louletana e do próprio candidato a Quarteira, Manuel Possolo Viegas.

Das inúmeras intervenções, extraímos os seguintes fragmentos, praticamente integrais:

Manuel Possolo Viegas

Manuel Possolo Viegas

Manuel Possolo Viegas

Sou candidato e estou determinado a ser presidente da Junta de Freguesia de Quarteira. Nem sequer vou receber o meu ordenado, como já aqui foi dito. Há uns anos a esta parte, Quarteira tem-se desenvolvido por todos os lados. Em 10 anos, crescemos 25% em população e tivemos um aumento de 28% em número de eleitores, o que é bem representativo do crescimento desta cidade e desta freguesia. Temos habitantes de 25 nacionalidades de todo o mundo. Tem caraterísticas geográficas muito favoráveis à fixação de pessoas. Pretendemos dar continuidade ao bom trabalho que a junta tem vindo a desenvolver ao longo destes últimos 12 anos. Quarteira está mais limpa, mais organizada e mais bonita. Vivemos uma grave crise, o que nos obriga a uma gestão cuidada e rigorosa. Não podemos brincar aos dinheiros. Queremos ser um local apetecível para que quem nos visita se fixe cá. Estamos determinados a atingir as seguintes metas:

Relançar a economia e proteger o emprego; Intensificar a oferta de Quarteira enquanto destino turístico; Reforçar a competitividade e aumentar o nível de qualificação e inovação; Almejamos uma Quarteira onde as pessoas se encontrem, se divirtam e criem bases.

Na Área Social, uma área que me toca significativamente, usarei toca a tolerância e humildade para com as famílias mais carenciadas com um governo de solidariedade e coesão social. Uma autarquia que não cuida dos seus necessitados não é uma autarquia; Expandir a Rede Social com vista à promoção das estruturas e gabinetes existentes de âmbito social; Promoção do espírito de cidadania, aumentando a capacidade de entreajuda e solidariedade intergeracional com ações locais. Não podemos ir só buscar dinheiro à câmara, temos que ser criativos para ajudar os que mais precisam. A minha equipa está preparada. Uma equipa de gente jovem. Tenho a experiência do banco, a experiência da câmara e outras experiências que me permitem agarrar o cargo e fazer o que tem de ser feito.

1aplausos

No Desporto, fomentar a prática e o exercício gratuito para todos. Pensamos que os desportos ao ar livre podem assumir, em Quarteira, um padrão de referência relativamente aos demais, nomeadamente os Desportos Náuticos como a Vela, Canoagem, Surf, Bodyboard, Mergulho, etc., como também Atletismo, Natação e Triatlo, entre outros. Quarteira está capacitada para ter uma atividade desportiva a toda a prova. O mesmo se poderá dizer dos espaços altamente qualificados de Vilamoura, onde há para usufruir uma vasta extensão de Ciclovias, Circuitos de Manutenção e Desportos Náuticos, entre outros. Esta partilha – e agora muita atenção aos quarteirenses e aos que vivem em Vilamoura – será benéfica para podermos esbater a diferença entre Quarteira e Vilamoura. Acreditamos na delegação de tarefas e na participação social. Visto Quarteira estar implantada à beira mar, tem todas as condições para alguns desportos para as crianças.

Na Cultura, dinamização de um espaço de artes onde os jovens possam desenvolver atividades e que possa também atrair jovens de outras regiões; Intervenção das coletividades no meio escolar, aproveitando o potencial humano que existe na nossa cidade; Desenvolver atividades lúdicas, tais como: Santos Populares; Festa do Pescador; Fest’África; Passagem de Ano. São festas que atraem muita gente e que são também a cultura da nossa terra e que nós precisamos intensificar; É importante qualificar as pessoas, facilitando o acesso ao conhecimento e à cultura acima de tudo; Desenvolver competências e capacidades, tendo como propósito central investir na qualificação das novas gerações, a começar nas crianças em idade pré escolar.

Outra das minhas preocupações é a comunidade piscatória. Uma atividade que me toca bastante porque o meu pai e o meu avô foram pescadores. Somos uma família centenária de pescadores. Os pescadores, as suas famílias e a sua comunidade são dos mais valiosos patrimónios culturais da freguesia e do concelho. Vão para o mar, arriscam a própria vida e não têm ajudas nem subsídios em casos de temporais, em que não podem ir para o mar, nem em perdas materiais. Toda a vida se confrontam com dificuldades da burocracia das entidades ligadas ao mar. neste aspeto, tentarei resolver aquilo que estiver ao meu alcance e, em conjunto com a câmara de Loulé, verificar a situação do domínio público marítimo para que, de uma vez por todas, se possa potenciar a frente mar da freguesia, pois, até aqui, tem sido um elemento castrador da economia local. Nós limpamos as praias, arrumamos as coisas e eles complicam e vêm cá buscar o dinheiro.

Os nossos empresários estão a atravessar uma fase muito difícil. São lojas a fechar, trabalhadores sem emprego, jovens a emigrar. Vamos procurar boas ideias que possam ser transformadas nesse sentido. Por vezes, das pequenas coisas fazem-se grandes coisas. Uma das nossas ideias é a inserção da freguesia de Quarteira na aposta municipal da criação de um sistema de incentivos fiscais; Promover Estágios Profissionais financiados; Estágios Profissionais para jovens licenciados nas empresas sedeadas no nosso concelho através de mecanismos de redução ou isenção de taxas ou impostos municipais.

A ligação estreita entre a junta e a câmara de Loulé será um fator de sucesso para o futuro de Quarteira e, da pela proximidade que tenho com o Helder Martins, ele irá potenciar esta ligação. Loulé e Quarteira não podem estar separadas pela EN125. Devem estar unidas, ser complementares, trabalharem em conjunto, têm que se aproximar e compreenderem-se.

Seruca Emídio, presidente da Câmara Municipal de Loulé

Seruca Emídio

Seruca Emídio

É com grande satisfação que aqui estou, neste momento importante, não só para o Sr. Possolo Viegas mas também para Quarteira e para o Concelho de Loulé. Seria mais fácil, depois de uma vida inteira de trabalho e como vereador da câmara, ficar em casa, cómodo e longe da agitação e dos incómodos de uma vida pública de exposição, como é a vida de autarca e todos sabemos as consequências que isso tem para a família e para ele próprio. Mas o Possolo não quis essa vida. Quis, antes de mais, lutar pela sua terra e pela população de Quarteira. Assim sendo, não estarei muito longe da verdade se vos confidenciar que para mim, pessoalmente, mais importante que ser vereador da Câmara Municipal de Loulé, o seu grande sonho, o seu grande objetivo era ser presidente da Junta de Freguesia de Quarteira. Conheço as suas qualidades como pessoa, o seu humanismo, a sua preocupação com os mais empobrecidos, os mais carentes e a sua disponibilidade para atender toda a gente. Um político não se mede só pela sua capacidade de argumentação e pela sua astúcia. Um político mede-se essencialmente pela sua dimensão humana. Pela relação que estabelece com os eleitores e com as pessoas com que contata no dia a dia. E aí, o Sr. Possolo Viegas movimenta-se perfeitamente à vontade. O seu meio natural é o contato com as pessoas e isso é extraordinariamente importante. É um homem com provas dadas e com experiência de vida pública autárquica. Por isso o Sr. Possolo Viegas está no caminho certo para ser o futuro presidente da Junta de Freguesia de Quarteira.

Helder Martins, candidato do PSD à Câmara Municipal de Loulé

 Helder Martins

Helder Martins

Estamos aqui essencialmente porque gostamos de Quarteira e esse é o motivo que nos une e que nos traz aqui a apoiar o Possolo que vai, com certeza, ser o nosso presidente. Fala-se que serão 5 mil os filhos de Quarteira. Eu não sou filho de Quarteira mas foi em Quarteira que decidi viver há uns anos atrás. É em Quarteira que vivo e trabalho e onde a minha família trabalha e estuda. Portanto, sou um quarteirense de adoção com toda a honra. Quando falamos de Quarteira, estamos a falar do principal destino turístico de Portugal e não temos que ter dívidas em dizer que é também um dos principais destinos turísticos da Europa. Um trabalho importante que temos de fazer é estender uma realidade que está no plano turístico, Vilamoura – que é freguesia de Quarteira porque não há uma barreira nem uma fronteira -, estender a toda a freguesia de Quarteira um conjunto de bons exemplos que foram feitos. Por isso, todos nós temos que ter orgulho de ser quarteirenses, de pertencer a uma sociedade dinâmica, moderna, onde dá prazer viver e naturalmente queremos sempre mais e melhor. Nos nossos objetivos para este novo ciclo que se abre, por força da limitação de mandatos, é criar condições para apoiar o investimento nesta freguesia e neste concelho. E aí, a experiência que Possolo Viegas tem no passado, na área da banca, na relação com os empresários, é claramente uma mais valia. E nós estabelecemos duas bitolas principais para o nosso trabalho futuro. Um, é de facto o apoio às empresas. Temos que estar de braços abertos para as empresas. Temos que estar ao lado dos empresários e na procura de mais empresários que se fixem na nossa terra. Se tivermos mais empresários, teremos mais emprego e criamos melhores condições de vida para as pessoas; E outro que é a Área Social. A Câmara Municipal de Loulé faz um trabalho importantíssimo em prol das pessoas e é aí que temos de trabalhar cada vez mais. O trabalho do Possolo com o Sr. Silva Lopes e uma vasta equipa na Fundação António Aleixo e nas outras associações onde ele participa, é a garantia de que esta freguesia terá à frente alguém com uma grande sensibilidade. Não precisa de vir para aqui aprender aquilo que vai fazer e no dia a seguir à tomada de posse estará a desempenhar o seu papel. Portanto, não tenho a mínima dúvida em dizer que hoje o Possolo é claramente a melhor solução para Quarteira. Por força da lei, o Possolo aufere uma reforma e por isso não pode receber ordenado como presidente de junta. É bom que se diga isto porque há pessoas que pensam que o Possolo quer ir para a junta para ter um ‘tacho’. O Possolo será presidente da junta mas receberá zero. Portanto, o Possolo, que poderia estar, ao lado da sua mulher e dos seus filhos, confortavelmente em casa ou a passear, a estar com os muitos amigos que tem, preferiu isto. Dias e noites em que as pessoas lhe batam à porta; Dias e noites em que terá de estar em reuniões para fazer melhor pela sua terra, para ajudar a resolver os problemas de Quarteira. Portanto, os quarteirenses têm todos de dizer ‘Obrigado’ ao Possolo por esta proposta que ele faz, disponível para a cidade, disponível para os quarteirenses. Estamos na fase de escolhermos as pessoas e elaborarmos os programas e podem estar certos de que aquilo que prometermos será aquilo que temos a certeza que podemos fazer. Este próximo mandato é claramente um mandato para afirmar Quarteira. Quarteira é uma das principais cidades do país. É uma das mais jovens. Com certeza com muitas carências onde o executivo do Dr. Seruca Emídio muito investiu e onde muito mais há para investir e para projetar.

Miguel Encarnação, presidente da JSD Quarteira

É com orgulho e satisfação que vemos o nosso companheiro Possolo Viegas como candidato à Junta de Freguesia de Quarteira. É um homem com grande experiência no Poder Local, com grande experiência profissional e com elevados valores ligados à causa social e ao voluntariado. Um homem íntegro com espírito jovem e dinâmico. Os jovens social-democratas apelam à união do partido. É este homem que temos de apoiar. Foi este homem que teve a coragem de enfrentar o desafio apenas por amor à nossa terra – Quarteira. Para nós, jovens, este homem é um grande exemplo. Possolo, a JSD está aqui ao seu lado para ganhar a Junta de Freguesia. Você, sim, é o candidato ideal para os jovens.

Ricardo Pureza, ex vice-presidente da Associação Académica da Universidade do Algarve

Ricardo Pureza

Ricardo Pureza

A vossa presença hoje aqui é uma prova clara de que os quarteirenses, sejam militantes do partido ou não, estão preocupados e interessados no futuro da freguesia. Eu, enquanto jovem, apoio este homem porque desde cedo demonstrou coragem em assumir um compromisso com os quarteirenses. É um homem com provas dadas na ação social no concelho. Procurou sempre a opinião e o apoio dos jovens. Estamos aqui para o apoiar para que seja vitorioso nestas autárquicas.

Sandra Pereira, dirigente académica

Sandra Pereira

Sandra Pereira

Quarteira vive hoje um momento único pois está a ser apresentado publicamente aquele que todos esperamos seja o candidato vencedor à presidência da Junta de Freguesia de Quarteira. Possolo Viegas tem sido um modelo para todas as gerações. Um homem ligado ao associativismo, empreendedor, dinâmico, ativo e solidário em inúmeras áreas que tem estado verdadeiramente ao serviço da comunidade. Sempre trabalhou com e para os jovens enquanto vereador da Câmara Municipal de Loulé com o pelouro da Educação. Foi responsável pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco (CPCJ). Possolo Viegas é o candidato que melhor servirá os jovens de Quarteira e terá os mesmos sempre presentes que irão votar para dignificar e representar a população jovem de Quarteira. Possolo Viegas é o homem certo para o lugar certo com a sua perseverança, honestidade, caridade e com a sua capacidade de trabalho, Quarteira continuará a desenvolver-se enquanto cidade. Os jovens precisam de uma nova oportunidade, de alguém que se preocupe com eles e os jovens precisam de si para presidir a Junta de Freguesia de Quarteira. Conte comigo e com todas as pessoas que estão nesta sala para fazermos de Quarteira um exemplo de desenvolvimento económico e social para que os quarteirenses saiam com a esperança que há um futuro mais risonho. Nós, todos nós, estamos consigo.

Jorge Santos, presidente da Assembleia de Freguesia de Quarteira

Jorge Santos

Jorge Santos

A experiência de Possolo Viegas dignifica a nossa freguesia. Tempo e disponibilidade é algo muito importante. Por isso, esta junta vai precisar de alguém que tenha tempo e disponibilidade. Não pode ser uma mera experiência. Possolo Viegas corresponde à nossa necessidade. Não estamos a brincar às freguesias. Na política, muitos vêem uma pessoa como eleitor. Possolo Viegas vê o eleitor como uma pessoa. Que grande diferença. Estamos cá para o apoiar.

João Santos, pescador de ofício, escritor e historiador por paixão

João Santos

João Santos

Hoje, venho aqui reafirmar perante vós o meu compromisso com esta candidatura. Enquanto jovem quarteirense, atrai-me bastante a visão preconizada pelo nosso candidato a Quarteira. É uma visão de responsabilidade para com o futuro. Uma visão de seriedade no tratamento das questões que dizem respeito à nossa freguesia. Uma visão de integridade de um homem que sabe que de outra maneira nada de duradouro se consegue. Acima de tudo, há que exaltar o seu elevado sentido do que é correto, adquirido pela sua experiência de vida. Estas qualidades deverão ser o apanágio de todo aquele que pretende candidatar-se à Junta de Freguesia de Quarteira e o nosso candidato preenche esses requisitos. Por isso, e confiante na sabedoria dos quarteirenses, iremos eleger o companheiro Manuel Possolo Viegas presidente da Junta de Freguesia de Quarteira”.

Isabel Pinto, co-coordenadora do Banco de Tempo de Quarteira

Isabel Pinto

Isabel Pinto

Eu tenho o nosso candidato à Junta de Freguesia de Quarteira como um homem honesto, correto, um homem de causas que abraça as causas de alma e coração. É o caso da Fundação António Aleixo, a Associação dos Doentes de Parkinson e Alzheimer, por exemplo. Se estivesse aqui uma mulher de Loulé, ela dizia o que ele trabalhou para ela conseguir realizar o grande sonho de poder acolher as pessoas velhinhas que lhe batiam à porta e a carregar toda a sociedade da sua etnia. Vou também falar do Banco de Tempo: Nem é preciso pedir. Sempre que ele sente que a sua presença nos faz falta, que a sua ajuda é importante, ele tem estado sempre presente. Desde o primeiro dia. É um homem que não olha para as coisas com visão de poder. Primeiro que tudo, estão as pessoas. É com o coração que nós sentimos e eu creio, Sr. Possolo Viegas, que, com o seu espírito jovem e a sua experiência como homem, vá fazer de Quarteira, com a ajuda de todos os quarteirenses, já não digo a cidade que sonhamos mas a cidade que merecemos ter.

Rui Silva, membro da Assembleia de Freguesia de Quarteira

Rui Silva

Rui Silva

Tenho pena que nas Assembleias de Freguesia não vejamos tanta gente como todos vocês que aqui estão. Era importante que de 3 em 3 meses nos encontrássemos aqui para falarmos dos assuntos de Quarteira. Represento a equipa que finda este ano e espero que desempenhe o cargo com unhas e dentes, continue o trabalho desenvolvido por nós e escolha a melhor equipa para vencer. Terá todo o meu apoio e de muitos de nós, colegas da Assembleia.

António Barnabé, histórico do PSD na Freguesia de Quarteira

António Barnabé

António Barnabé

A tarefa de Possolo vai ser bastante árdua. Todos nós sabemos que há dificuldades. O Possolo é talvez o único dentro de Quarteira que pode enfrentar essas dificuldades com as duas mãos e fazer com que esta cidade se torne mesmo uma cidade e seja a cidade onde todos nós queremos viver. Possolo, se toda esta gente que está nesta sala levar uma pessoa para votar, tu ganhas com maioria absoluta.

Gilberta Alambre, co-coordenadora do Banco de Tempo de Quarteira e ligada ao movimento associativo de Quarteira

Gilberta Alambre

Gilberta Alambre

O que eu posso dizer do Possolo Viegas é aquilo que todos os quarteirense sabem. Todos o conhecemos dadas as suas caraterísticas. Antes de mais, é um excelente chefe de família. Para além disso, é competente e tem experiência na sua atividade política, profissional e associativa. O Possolo consegue manter com as pessoas uma relação de proximidade muito fácil. Essa é para mim a sua principal caraterística e que valoriza as caraterísticas que ele tem hoje. E isso faz dele um candidato único para liderar a Junta de Freguesia porque ele é uma pessoa única em Quarteira.

Hortense Morgado, vereadora na Câmara Municipal de Loulé e presidente da Associação Xávega

Hortense Morgado

Hortense Morgado

Desde o momento em que eu soube que o Possolo Viegas seria candidato à presidência da junta de Freguesia de Quarteira, decidi na hora que ele seria o meu candidato. Conheço o Possolo Viegas há muitos anos – aliás, somos primos – e sei o quanto ele gosta de Quarteira. E é esse amor a Quarteira que nos aproxima e faz de mim sua apoiante sem quais quer reservas. Aprendi a compreendê-lo e a estimá-lo. Essa estima foi-se fortalecendo à medida que nele melhor reconhecia as suas qualidades de homem humanista e social e com capacidade para lutar por um projeto para que Quarteira venha a ser uma grande cidade. É esse humanismo que faz com que ainda hoje Possolo Viegas seja recordado com saudade pelos funcionários autárquicos onde desempenhou as funções de vereador, responsável, entre outros, pelos pelouros da Ação Social e Recursos Humanos e, ainda, como presidente da CPCJ. A sua personalidade de homem de bem fica ainda mais evidente quando se pode verificar com esses funcionários da câmara que é recordado pelo carinho, correção e frontalidade que a todos dispensava com lisura e clareza acima de tudo. Tenho a convicção de que com ele a gerir o futuro de Quarteira, o fará a favor dos mais carenciados e sempre em busca de coesão social. Sei que estamos perante uma pessoa experiente e conhecedora dos problemas reais e das vulnerabilidades de Quarteira e dos quarteirenses. É uma pessoa correta com uma elevada cultura moral e social e com um saber específico que fazem dele um candidato sério, suficientemente capaz de gerir e persistir numa luta tenaz a autarquia de Quarteira. Acredito que o Possolo tem um projeto político que se preocupa essencialmente com o cidadão e com a sua terra que é também a nossa. Apoio o Possolo porque sei que, ao contrário de outros, não prometerá aquilo que sabe que não pode ser feito porque ele é um homem do terreno. Tem uma visão real das dificuldades da nossa terra e dos cidadãos e irá certamente empenhar-se de forma a minimizar ou mesmo colmatar essas carências. Possolo Viegas tem experiência de trabalho, quer na política, quer fora dela e isso é o seu maior trunfo, o seu maior contributo para que Quarteira cresça em todas as áreas. O seu conhecimento da realidade social e profissional é uma mais valia em relação a outros candidatos. Ele conhece. Ele sabe. Por outro lado, Possolo Viegas não vem à procura de um ‘tacho’. Ele não receberá absolutamente nada. Ao contrário de outros, ele não vai receber um cêntimo sequer por desempenhar as funções de presidente da junta. Possolo Viegas lutará por uma Quarteira atrativa, com futuro, agradável, segura, onde se consiga viver com dignidade e reconhecimento. Tudo isto faz dele o homem certo para gerir de forma aberta e transparente os destinos da freguesia de Quarteira. É por isso que eu apoio Possolo Viegas. Porque acredito em Quarteira e porque vale a pena acreditar.

Ricardo Conceição, ligado ao movimento associativo de Quarteira

Ricardo Conceição

Ricardo Conceição

O meu apoio a Possolo Viegas é a 100%. Desde o tempo do Banco Espírito Santo e com passagem pela Câmara Municipal de Loulé, sempre fez um excelente trabalho. Tem todos os contatos e o perfil certo para servir Quarteira e fazer o melhor por Quarteira. Os quarteirenses estão cá e espero que nós, em equipa, façamos o que tu sabes melhor: Servir Quarteira.

Filipe Viegas, ex-presidente da Junta de Freguesia de Quarteira

Filipe Viegas

Filipe Viegas

Estou aqui para apoiar o Possolo Viegas, não só por ser o meu irmão, mas porque tem um currículo que já aqui foi largamente recordado. É um homem que tem dado provas pelos seus conhecimentos e por aquilo que tem sofrido para alcançar os seus objetivos. Já toda a gente o elogiou e o mais importante para o meu irmão, que vai atravessar esta candidatura e vai ser o próximo presidente da junta, é que ele tenha uma boa articulação com a câmara, não só com o presidente mas sim com os vereadores e com os trabalhadores porque, muitas das vezes, não é preciso falar com o presidente para coisas que se podem fazer. Quando foi vereador, o meu irmão sempre abriu as portas às pessoas que dele necessitavam. Como presidente de junta, não é preciso pressionar nem dar murros na mesa mas sim falar com cuidado e pedir ao presidente da câmara e ao staff da câmara que olhem com olhos de ver porque aquilo que nós pedimos, pedimos para Quarteira. Lembro também que muitas das vezes, é preciso darmos um passo atrás para podermos dar dois para a frente. Isso será importante para um presidente de junta em certas situações.

Graciete Freitas, advogada, membro da Assembleia Municipal de Loulé

Graciete Freitas

Graciete Freitas

Sou quarteirense e vivi nesta comunidade ainda aldeia. Vi-a desenvolver-se para o interior, crescer em qualidade e quantidade. Quarteira cresceu de uma forma muito especial e se calhar única em todo o Algarve e é de forma única e ímpar que deve ser tratada. Para a sua gestão, Quarteira precisa da melhor pessoa e para a bem servir, Possolo Viegas é uma pessoa que já tem mostrado claras cartas de serviço público, ao serviço da população. Conhece Quarteira por dentro e por fora e é a pessoa certa. Eu quero ver uma Quarteira bem gerida, bem tratada e por uma pessoa humana que tem já provas dadas nessa matéria.

Carlos Catarino, professor e membro do executivo da junta de freguesia

Carlos Catarino

Carlos Catarino

Todos nós esperamos que Possolo Viegas seja o próximo líder da freguesia de Quarteira. Todos conhecemos o trabalho que implica a freguesia de Quarteira e por isso dou-lhe os parabéns por ter avançado e ter concretizado a sua candidatura para prestar esse serviço. O PSD tem 12 anos de junta e esse é um legado de alguma responsabilidade que espero tenha continuidade, de uma forma porventura diferente, mas que continue a trabalhar em prol de Quarteira com a colaboração e o contributo que a Câmara Municipal de Loulé tem prestado ao longo destes últimos 12 anos. Quarteira é uma terra diferente daquela que eu conheci há mais de 30 anos e tem evoluído gradualmente e de uma forma sustentada. É preciso dar continuidade a esse trabalho. Há, com certeza, soluções diferentes para dar continuidade a esta evolução e é nessa expetativa que acredito no trabalho e no cidadão Possolo Viegas para esse futuro. Estamos todos imbuídos do mesmo espírito. Quarteira precisa de evolução e de pessoas que acreditem nela. É por isso que o Possolo é a pessoa com as qualidades necessárias e acredito que é possível melhorar todos estes aspetos.

João Guerreiro, empresário, presidente da Associação dos Empresários de Quarteira/Vilamoura e presidente do PSD Quarteira

João Guerreiro

João Guerreiro

No PSD de Quarteira, estamos convergentes e unidos em prol de uma candidatura vencedora. Possolo Viegas será certamente o vencedor e é possível passar o testemunho de uma forma tranquila. Nós acreditamos que o trabalho terá continuidade numa freguesia dinâmica, capaz de servir a nossa comunidade ao nível das nossas exigências e daquilo que o futuro nos prepara. Esperamos manter parte da atual equipa da junta de freguesia na próxima equipa. A boa relação com o executivo camarário é o melhor exemplo de que o respeito institucional e a vontade de bons líderes pode servir as comunidades. Portanto, é fundamental que a Câmara Municipal de Loulé venha a ser liderada por Helder Martins e que a Junta de Freguesia de Quarteira venha a ser liderada por Possolo Viegas porque a boa relação entre as estruturas partidárias facilita a boa relação entre as estruturas institucionais. Acreditamos que Possolo Viegas está melhor preparado para fazer um melhor trabalho na nossa cidade. Há uma excelente relação de longa data entre Helder Martins e Possolo Viegas, o que permitirá um conjunto de sinergias da qual acreditamos que Quarteira sairá muito beneficiada. Possolo Viegas conhece a câmara muito bem. Conhece os funcionários, pessoas que se lembram dele, que falam com saudade da afabilidade, da cordialidade e do respeito que tem para com as pessoas. Portanto, qualquer cidadão de Quarteira saberá que bastará um mero telefonema para resolver problemas que por vezes se arrastam meses. Estamos convencidos que será o homem certo no lugar certo. Já foi militar, bancário e vereador. Agora, quer simplesmente servir a sua comunidade. Mais simples que isto é difícil. O exemplo da sua humildade é querer receber aquilo que é mais genuíno na sua comunidade: poder fazer melhor por cada um dos cidadãos. Não há muitos cidadãos com esta disponibilidade. Normalmente, a maioria dos cidadãos quer ascender na estrutura social. Este homem prepara-se para ascender ao mais básico organismo da administração pública para servir a sua comunidade. Sem salário. Este é um aspeto fundamental que dignifica as gentes de Quarteira. É um homem de uma cordialidade excecional. É um homem de consensos que por vezes parecem impossíveis e Quarteira precisa de consensos. É capaz de dar a mão ao cidadão e à comunidade para que, com a noção de progresso, sejamos uma freguesia mais liderante. Com Possolo, podemos ganhar o futuro.

Fábio Fragoso, professor e presidente da Associação Dinamika

Fábio Fragoso

Fábio Fragoso

Venho aqui mostrar o meu apoio a Possolo Viegas, um homem de Quarteira que a conhece como poucos. Tem um vasto currículo profissional e a sua experiência na área social, enquanto vereador da câmara de Loulé são mais valias para esta freguesia, multicultural e rica em oportunidades. Uma freguesia que tem muito para dar e que se pode desenvolver muito mais. Possolo traz conhecimento, experiência e, acima de tudo, disponibilidade. Precisamos de uma Quarteira mais ativa, com mais movimento, com mais ocupação dos tempos livres dos jovens, uma melhor formação, mais e melhor desporto.

António Silva Lopes, presidente da Fundação António Aleixo

António Silva Lopes

António Silva Lopes

Esta presença tão dinâmica dos quarteirenses com certeza levará o nosso candidato à vitória. Estou aqui para deixar o meu aval pessoal ao Possolo Viegas pela nossa relação de voluntariado durante muitos anos, em prol deste concelho, numa ação ímpar de grande valia e no qual Possolo Viegas tem dado tudo na sua vida e no seu tempo e tem sido, exatamente por isso, reconhecido por todos. Estou plenamente convencido que é o candidato que Quarteira merece, a pessoa que mais e melhores garantias oferece para defender os interesses de Quarteira. Possolo Viegas é um candidato sério, vamos acompanhá-lo, vamos dar-lhe o nosso apoio até ao fim, com a certeza de que o que vier a acontecer será em benefício de Quarteira e de toda a gente.

Texto e Fotos: PlanetAlgarve

Categories: Loulé

1 reply »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.