AGENDA

Exposição Comemorativa do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte

É inaugurada este sábado, 20 de julho, pelas 15h00, no Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte, a Exposição “75 anos do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte”.

Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte

Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte

A Câmara Municipal de Loulé associa-se a estas comemorações com a organização desta exposição, como forma de felicitar o Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte pela sua ação em prol do património imaterial do Concelho de Loulé e da projeção das raízes culturais louletanas além-fronteiras.

Nesta exposição cruzam-se objetos, fotografias, sentimentos que contam um pouco da história dos 75 anos do Folclore de Alte. É um Grupo de Alte, para Alte e para dar a conhecer Alte e o Concelho de Loulé. É um grupo família, onde se cruzam gerações de altenses, onde as tradições vão sendo transmitidas de pais para filhos, onde o prazer pela música vai sendo incutido aos mais novos, onde o nome da aldeia de Alte soa maior por representar o Concelho de Loulé pelo país e pelo mundo fora.

As tradições de expressão artístico-cultural no interior do concelho de Loulé, nas vertentes dança e canto, têm vindo a ser mantidas e divulgadas pelo Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte. José Cavaco Vieira, um dos fundadores do Grupo, inspirado no Poeta Cândido Guerreiro, exprimiu muito bem o sentir dos altenses: “porque em Alte é permanente a canção ora doce e lírica, ora forte e tremenda das águas; e porque é interminável também o baile de roda das suas quatro montanhas, nós, os habitantes daquela aldeia, num impulso espontâneo, natural, vamos nas cantigas. D’aí uma das principais razões da existência do Grupo Folclórico de Alte, que é por assim dizer o repositório das tradições, dos bailes populares dos nossos antepassados, e deseja ser conservador dessas graciosas danças”.

Fundado a 4 de outubro de 1938, no ano em que foi lançado o Concurso da Aldeia mais Portuguesa de Portugal, organizado pelo Secretariado de Propaganda Nacional, este Grupo tem sido o defensor da cultura identitária da freguesia de Alte, através da divulgação dos trajos, das músicas, das danças e dos cantares tradicionais.

Desde os anos 80, representa etnograficamente uma cerimónia do casamento à antiga em Alte, com cópias de trajos dos finais do século XIX, princípios do século XX, pela qual é conhecido e o distingue dos outros agrupamentos folclóricos do Algarve.

Em outubro de 2012, o Grupo Folclórico iniciou um conjunto de comemorações que assinalam os seus 75 anos de existência e que tem a duração de um ano, destacando-se a edição de um CD, de um DVD e de um livro e a recuperação de outras tradições locais.

Município de Loulé

Categories: AGENDA, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.