Desporto

CANOAGEM | Moldavo radicado no Algarve quer ser o melhor do mundo por Portugal

O jovem de origem moldava radicado no Algarve disputa hoje (20h30) o acesso à final de K1 1000.

Cristian Baies

Cristian Baies

Cristian Baies nasceu na Moldávia, aos 11 emigrou com os pais para o Algarve e aos 18 cumpre o sonho de representar a seleção de Portugal nos Mundiais de canoagem de juniores e sub-23, em Welland (Canadá).

Filho de trabalhador na construção civil e de mãe temporariamente doméstica, a cuidar do irmão bebé, Baies (KC Castores do Arade) sabe que quer fazer carreira na canoagem: «O objetivo é tornar-me o melhor do Mundo quando for sénior», afirma.

«Sim, Portugal é a minha pátria. Fiz muitos amigos e descobri a canoagem, algo que, quando estava na Moldávia, nem sabia que existia. Interiormente, em termos de coração, como tenho a minha vida feita cá, estou mais para o lado português, apesar de gostar dos dois lados», assume o júnior de 18 anos.

Para já, na primeira experiência internacional, a meta passa por «entrar na final A e procurar o melhor lugar possível», sendo que, se for relegado da regata das medalhas, o seu empenho será total em «vencer a final B».

«É preciso treinar muito e ter grande dedicação ao desporto. E sei que preciso ganhar uns quilos, pois sou muito levezinho. É fazer mais ginásio e treino de água», reconhece.

Depois do desporto, o futuro já está traçado, na área de gestão, que pretende seguir em termos de estudos na universidade a partir do próximo ano.

Cristian está a «gostar da experiência nova no Canadá» e apenas lamenta a «integração complicada» em termos de cidadania, nomeadamente o atraso na concessão do passaporte português, que o impediu de competir nos Europeus de Poznan, Polónia, em junho, e assim ganhar «maior experiencia competitiva».

O jovem de origem moldava disputa hoje (20h30) o acesso à final de K1 1.000, sendo o único português a competir no arranque dos Mundiais juniores e sub-23, enquanto os restantes oito companheiros de seleção o fazem sexta-feira.

Fonte: Sportinforma

Foto: Federação Portuguesa de Canoagem

Categories: Desporto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *