Faro

Coligação Juntos por Faro acusa: “Paulo Neves consegue falhar promessa eleitoral ainda antes das eleições”

juntos_por_faro

A Coligação Juntos por Faro tomou conhecimento do despacho proferido pela Juíza do Tribunal Judicial de Faro, no qual se declara a violação da Lei da Paridade por parte do PS nas listas que formalizou referentes a Câmara Municipal, Assembleia Municipal e a duas das quatro Assembleias de Freguesia do concelho de Faro.

Tão grave quanto a violação da lei, é a violação flagrante da confiança dos cidadãos, os quais conhecem o compromisso firmado pelo candidato Paulo Neves de cumprir a lei da paridade e de incluir 40% de mulheres nas listas candidatas aos órgãos autárquicos do concelho. Nessa ocasião, a 15 de Junho, numa cerimónia pública solene, expressamente concebida para o efeito e à qual foi dado largo destaque noticioso, Paulo Neves referiu-se a este compromisso como “estratégico” e “pioneiro no país”, e propunha-se “recuperar para a gestão pública a «ética do cuidado» tão própria das mulheres”.

A credibilidade da candidatura de Paulo Neves fica assim posta em causa, perante a insólita circunstância de conseguir o feito de violar uma promessa ainda antes da realização de eleições.

Este é um bom exemplo do que está em causa nas próximas eleições: ou uma candidatura de confiança, com provas dadas e um rumo claro protagonizada pela Coligação Juntos Por Faro, ou uma candidatura de promessas vãs, sem verdade nem seriedade nos compromissos assumidos.

A Direcção da Candidatura

Categories: Faro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.