AGENDA

Viviane é convidada de mais um Biblioconfessionário com… | 19 de setembro

A rubrica da Biblioteca Municipal de Silves “Biblioconfessionário com…” trará a Silves no próximo dia 19 de setembro, pelas 21h30, a intérprete musical Viviane que, num ambiente intimista e informal, e com alguns apontamentos musicais à mistura, vem falar sobre os livros e músicas que marcaram a sua vida. A entrada é livre.

viviane

Residente no Algarve, Viviane iniciou a sua carreira musical em 1990 quando formou, com Tó Viegas, o grupo Entre Aspas. Após a extinção deste grupo a cantora lançou-se a solo, facto que veio a representar uma viragem na sua carreira, ao trilhar um novo caminho em formato acústico. Nos trabalhos desta artista prevalecem as sonoridades do acordeão e da guitarra portuguesa.

Relembre-se que “Biblioconfessionário com…” já trouxe a Silves reconhecidas personalidades do panorama cultural português, como António Zambujo, Sérgio Godinho, Sandro William Junqueira e José Louro, entre outras.

Informação adicional sobre esta rúbrica poderá ser recolhida junto da Biblioteca Municipal de Silves através do telefone 282 442 112 ou do endereço de correio eletrónico biblioteca@cm-silves.pt.

Mais informação sobre Viviane

Viviane reside no Algarve e iniciou a sua carreira musical em 1990 quando formou, juntamente com Tó Viegas, o grupo Entre Aspas após ter alcançado o 3.º lugar no concurso de música moderna da Câmara Municipal de Lisboa. Assinou contrato com a multinacional BMG, tendo gravado 5 álbuns através dessa mesma editora.

Em 2001, grava igualmente o 1.º CD do projeto coletivo “Linha da Frente” editado pela editora UNIVERSAL em 2002, ao lado de João Aguardela, Luís Varatojo, Dora Fidalgo, Janelo, Prince Wadada e Rui Duarte. Em 2003, juntamente com Tó Viegas, edita através da sua própria editora ZIPMIX RECORDS, o 1.º CD do projeto “Camaleão Azul”, intitulado “O Sul”, baseado na poesia do escritor Fernando Cabrita.

Em 2005, após a extinção do grupo Entre Aspas, Viviane inicia a sua carreira a solo com o primeiro álbum intitulado “Amores imperfeitos”, coproduzido com Tó Viegas, e gravado no seu próprio estúdio ZIPMIX no Algarve. Este álbum representa uma viragem na carreira da cantora que trilha um novo caminho na procura de novas sonoridades em formato acústico. Seguem-se os álbuns “Viviane” (2007), a participação no projeto “Rua da Saudade” (2009) e “As pequenas gavetas do amor” (2011).

Nos seus trabalhos tem vindo a preponderar o uso do acordeão e da guitarra portuguesa, dos ambientes do fado e do tango, e de uma fragância de musette, inspirada nas suas memórias de adolescência, bem como a aposta clara na poesia de prestigiados autores portugueses (o último álbum da cantora apresenta 11 temas originais com poemas de Vasco Graça Moura, José Luís Peixoto, Eugénio de Andrade, Rosa Alice Branco, Ana Luísa Amaral e Fernando Pessoa).

Categories: AGENDA, Silves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *