Albufeira

DFN Dynamite Fight Night 26 | Uma noite explosiva

O Pavilhão Vale Pedras em Albufeira encheu-se de público no sábado, dia 19 de outubro, para receber a nata dos lutadores portugueses e do resto do mundo que se defrontaram em combates explosivos na 26.ª edição do DFN, Dynamite Fight Night.

dnf

Às 18.30 horas iniciaram-se os combates preliminares e logo se percebeu que os lutadores não estavam para brincadeiras e muito sangue e suor caiu no tapete do ringue.

Mas o que o público mais aguardava começou às 21 horas.

Os atletas em combate para o DFN 26 estavam ansiosos para pisar o ringue e o público ao rubro e entusiasmado para os receber e gritar por eles.

Vadym Batenko e Jodiael Madeleno foram os primeiros a defrontar-se e desde logo deu para perceber que o ringue estava em brasa e ainda iria aquecer mais durante a noite.

No final do combate os lutadores esperaram a decisão dos juízes e Vadym Batenko acabou por ser declarado vencedor numa disputa bastante equilibrada.

No segundo combate da noite do DFN 26, Jocimar Pretinho defrontou Filipe Silva.

Mais uma grande batalha em que Jocimar acabou por ser declarado vencedor após decisão dos juízes no final do combate.

O único combate de MMA, Mixed Martial Arts, colocou frente a frente Collin Byrne e Victor Kiko.

Foi um combate admirável que acabou de uma forma rápida logo no primeiro assalto devido a uma clara superioridade de Victor Kiko, que venceu o seu adversário por submissão após vários takedowns.

Micaela Varela e Andressa Omitti foram as protagonistas do primeiro combate feminino da noite do DFN 26.

Após uma luta aguerrida com boas trocas de socos e pontapés, a vencedora aos pontos foi Micaela Varela.

O primeiro grande destaque da noite, um combate que se esperava bastante explosivo, opôs Miguel ‘Mr Kick’ Varela contra o lutador espanhol Alejandro Bonilla.

Mr Kick voltou a mostrar o porquê do seu nome de combate e no primeiro assalto acertou um pontapé em cheio na cara de Bonilla que o colocou KO. Foi sem dúvida o KO da noite.

A única disputa de um cinturão na noite do DFN 26 colocou no ringue Roman Skulsky e João ‘Porta-Chaves’ Gonçalves.

O combate teve a duração de cinco assaltos de dois minutos e revelou-se o embate mais arrebatador da noite.

A troca de golpes foi espectacular e ambos os lutadores deram tudo o que tinham na disputa do cinturão Europeu classe B de K1 60kg.

No final do combate, Roman Skulsky sagrou-se campeão após decisão dos juízes e recebeu o cinturão do título.

Mais um grande combate estaria para vir a seguir. O campeão mundial de K1 e medalha de ouro de Muay Thai, Rui ‘Pitbull’ Briceno, defrontou Jesus Blanco.

Pitbull dominou todos os assaltos e acabou por obter mais uma grande vitória contra o Jesus Blanco, massacrando o adversário como tinha prometido.

Um dos momentos mais aguardados pelo público presente no recinto do DFN 26 era o combate de João ‘Chapas’ Silva, campeão europeu da WKU, contra o atleta irlandês Derry Guinan.

Mal Chapas entrou no recinto durante a sua apresentação, percebeu-se logo que o público estava ansioso para ver o lutador português combater.

Este embate acabou por ser o mais rápido da noite e sem grande história pelos piores motivos.

Derry Guinan logo no primeiro minuto do primeiro assalto acabou por ter que desistir após lesionar-se numa perna quando tentou aplicar um golpe a Chapas.

Pelo que se notou Chapas não vinha para brincadeiras e desde o início do combate aplicou golpes muito fortes ao adversário notando-se que queria mesmo pô-lo KO.

O combate principal da noite que fechou o DFN 26, e também aguardado com grande expectativa pelo público, opôs Marina ‘Princess’ Zueva  e a campeã marroquina Watty Nassir.

Foi uma vitória clara de Marina. Watty não se mostrou capaz de deter a força da lutadora portuguesa que demonstrou-se superior em todos os assaltos castigando a marroquina com pontapés e socos poderosos e precisos.

Foi uma noite de lutas sensacionais e emotivas. O DFN 26 dignificou mais uma vez os desportos de combate e os lutadores envolvidos no evento e as suas respectivas equipas.

Com uma assistência de mais de 2,000 pessoas, o DFN 26 correu conforme as expectativas da organização. Foi prometido um grandioso evento e sem dúvida quem se deslocou ao Pavilhão Vale Pedras em Albufeira não deu por mal emprego o dinheiro que gastou no bilhete.

Aguardamos o DFN 27 para breve, onde é esperado grandes surpresas e mais grandiosos combates com conceituados campeões.

Por Paulo Silvestre – Jornalista do DFN

Fotografia: Nelson Brito

Categories: Albufeira, Desporto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *