AGENDA

TEMPO exibe ciclo de cinema “Kim Longinotto: Histórias no Feminino”

Nesta quinta-feira, 24 de outubro, tem início no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão o ciclo de cinema “Kim Longinotto: Histórias no Feminino”, que durante as próximas três semanas dará a conhecer os filmes de Kim Longinotto, uma das mais proeminentes documentaristas em atividade.

Resultado de uma parceria entre o TEMPO e a Associação Zero em Comportamento, estas sessões do Ciclo de Cinema às 5.as reúne um conjunto de filmes da realizadora britânica, reconhecida internacionalmente pelos seus pungentes retratos e pelo sensível e apaixonante tratamento que faz de tópicos difíceis, tendo sido premiados internacionalmente quase todos os seus trabalhos.

A primeira obra a ser exibida será “Divorce Iranian Style” que apresenta um olhar íntimo sobre a vida conjugal do Irão e seus conflitos, através das histórias de seis mulheres que invocam o direito de se divorciarem num país onde a lei favorece os maridos.

No dia 31 de outubro segue-se “Sisters in Law”, um documentário de 2005 que dá a conhecer o trabalho de duas mulheres da Associação de Mulheres Juristas (WLA) de Kumba, nos Camarões, que prestam apoio jurídico a mulheres e crianças vítimas de abusos, que de outra forma não seriam considerados pelo sistema judicial numa sociedade fortemente patriarcal, marcada pela tradição de abuso e de violência.

Por último, no dia 7 de novembro será exibido “Pink Saris”, onde Longinotto acompanha a história de uma ativista política, líder do movimento Gulabi Gang, que trabalha pelos direitos das mulheres na região de Uttar Pradesh, no norte da Índia.

Kim Longinotto iniciou a sua carreira como documentarista em 1976 e viaja mundo fora para documentar os aspetos mais difíceis da realidade das mulheres, passando por temas tão diversos como o divórcio no Irão, a mutilação genital feminina no Quénia, a violência sobre mulheres e crianças nos Camarões, na África do Sul ou na Índia, a educação de crianças emocionalmente perturbadas em Inglaterra ou mesmo questões de género, identidade sexual e contradições culturais no Japão.

Todos os filmes serão exibidos às 21h30, no Pequeno Auditório e os bilhetes têm sempre o valor de 3 euros, podendo ser adquiridos na bilheteira do TEMPO, de terça a sábado, das 14h00 às 19h00, e em dias de espetáculo das 14h00 às 21h30.

Para mais informações e reservas: 282 402 475 / 961 579 917, ou através do sítio na Internet http://www.teatromunicipaldeportimao.pt.

Categories: AGENDA, Portimão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.