Olhão

Seminário sobre o Programa Residência Segura

A Guarda Nacional Republicana de Faro e a Associação Safe Communities Algarve, no seguimento de outras iniciativas conjuntas, levaram a efeito durante a tarde do dia de ontem, 30 de outubro, um seminário relativo ao “Programa Residência Segura”.

A ação teve lugar na casa do povo de Moncarapacho – Olhão, e contou com a presença de meia centena de habitantes locais, maioritariamente cidadãos de nacionalidade estrangeira a residir naquela área.

A ação foi materializada através da presença de elementos da Seção de Programas Especiais da Guarda Nacional Republicana de Faro e do Sr. David Thomas, fundador da Associação, os quais prestaram informação pertinente em matéria de prevenção criminal e efetuaram a apresentação do “Programa Residência Segura”.

A iniciativa teve como principal objetivo reforçar o sentimento de segurança junto daquela comunidade, tornando-a mais desperta para a necessidade de tomar medidas preventivas com vista a diminuir as probabilidades de ser alvo de furto ou de outros crimes.

Foram distribuídos aos presentes panfletos alusivos ao Programa, sendo que os visados não se coibiram de mostrar a sua satisfação e apreço pela iniciativa, reconhecendo a importância e o mérito do trabalho desenvolvido por estas duas entidades na proximidade entre a GNR e a comunidade e na manutenção do tão desejado sentimento de segurança, sendo que o interesse da população local por este Programa foi evidente e tem vindo a acentuar-se.

O “Programa Residência Segura” foi criado pela Guarda Nacional Republicana no início do ano 2010, como resposta ao aumento de criminalidade violenta e sentimento de insegurança resultante de uma vaga de roubos violentos ocorridos numa zona de residências luxuosas, isoladas e dispersas, situadas no interior do Concelho de Loulé.

A dificuldade de acesso e localização das residências, devido à ausência de pontos de referência no terreno e à barreira linguística, inviabilizava uma boa comunicação entre as vítimas e as forças de segurança, e por conseguinte uma rápida resposta por parte destas.

Para tal foi criada uma Equipa que pôs em prática o Programa Residência Segura, com o objetivo de reduzir a criminalidade e recuperar o sentimento de segurança daquela população específica, programa que de uma forma sintética se baseou e se consubstancia nas seguintes linhas estratégicas:

Contactar regularmente com cada um dos residentes incluídos no Programa;

Proporcionar conselhos de segurança por meio de panfletos em Português e Inglês;

Reunir informação sobre a vulnerabilidade das residências, de modo a orientar os esforços de patrulhamento, mediante o preenchimento de uma ficha de residência;

Georreferenciar e numerar cada residência, para a criação de um mapa de cada área, com vista a potenciar uma resposta mais rápida e eficaz por parte das forças de segurança;

Disponibilizar aos residentes, um contacto telefónico direto da Equipa Residência Segura, 24 horas por dia, atendido por militares com conhecimentos sobre a região e de línguas estrangeiras;

Reunir informação sobre a movimentação de possíveis suspeitos de crimes.

Categories: Olhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.