Algarve

Preços na hotelaria portuguesa descem 13%

O preço médio dos hotéis portugueses diminuiu 13 por cento de outubro para novembro, situando-se agora em 74 euros por noite em quarto duplo face a 85 euros no mês anterior, informa o trivago Hotel Price Index, que salienta tratar-se da terceira descida consecutiva.

Hotel Tivoli Victoria - Vilamoura

Hotel Tivoli Victoria – Vilamoura

A nível local, os preços caíram 17 por cento em Lisboa e 12 por cento no Porto. Apesar disso, a capital portuguesa continua a ser uma das cidades portuguesas mais caras para pernoitar (84 euros, em média este mês), apenas ultrapassada por Cascais (114 euros por noite), Funchal (95 euros) e Sintra (93 euros).

Quem beneficia com a chegada do frio é a Covilhã, que regista uma subida de 1 por cento nos seus preços hoteleiros, que se cifram agora, em média, nos 72 euros por noite.

Por outro lado, Portugal consegue, no entanto, resistir à quebra sazonal melhor que Itália (- 21 por cento face ao mês passado), Turquia (-15 por cento) e Chipre (-27 por cento), enquanto França apresenta uma quebra similar à portuguesa (-13 por cento) e Espanha (-11 por cento) e Grécia (-7 por cento) evidenciam descidas menos acentuadas.

Nota para o facto de nenhum dos principais países europeus conseguir manter ou aumentar os seus preços hoteleiros face a Outubro, sendo que o Reino Unido (-1 por cento), a Finlândia (-1 por cento), a Noruega (-2 por cento) e a Suécia (-2 por cento) são os que apresentam as menores descidas.

No resto da Europa, as principais cidades do continente apresentam também quebras assinaláveis, com destaque para Veneza (-46 por cento), Florença (-32 por cento) e Roma (- 32 por cento).

E se é em Itália que se registam as maiores descidas, o Reino Unido consegue subir os preços em cidades de relevo como Liverpool (+5 por cento) e Manchester (+4 por cento), mais caras agora do que há um mês.

Fonte: trivago

Categories: Algarve, Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.