Algarve

Maria Alexandra Gonçalves é a nova diretora regional da Cultura

A Secretaria de Estado da Cultura nomeou ontem (2 de novembro) Maria Alexandra Gonçalves como nova diretora regional de Cultura do Algarve, no âmbito dos concursos para cargos dirigentes superiores da administração pública.

drc_alg

O museólogo António Manuel Torres da Ponte é o novo diretor regional de Cultura do Norte; Celeste Amaro mantém-se à frente da Direcção Regional de Cultura (DRC) do Centro; Ana Paula Amendoeira, especialista em património arquitectónico e paisagístico, assume a DRC do Alentejo; e Maria Alexandra Gonçalves, doutorada em Turismo, fica à frente da DRC do Algarve.

Esta lista dos novos responsáveis por estes organismos na dependência da Secretaria de Estado da Cultura foi anunciada esta segunda-feira através de um comunicado da Secretaria de Estado da Cultura. As escolhas foram feitas por Jorge Barreto Xavier, que entrevistou pessoalmente os candidatos, no âmbito do concurso para cargos dirigentes superiores da administração pública, que teria de ficar concluído até ao final do ano.

Entre os nomes seleccionados, a única recondução é a de Celeste Amaro, na DRC do Centro, cargo que ocupa desde 2011, e que já desempenhara também entre 2002-05. Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, Celeste Amaro foi chefe de divisão e directora-executiva do departamento de Turismo da Câmara Municipal de Coimbra, entre 2006-09.

Na DRC do Norte, a arquitecta Paula Silva é substituída por António Manuel Ponte, doutorado pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com carreira museológica feita no Museu de Vila do Conde (1994-2009, e também desde 2012) e no Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães, de que foi director entre 2009-12.

Ana Paula Amendoeira, que substitui Aurora Carapinha, é mestre pela Universidade de Évora e professora e investigadora na Universidade de Coimbra. Em 2011, foi eleita presidente da ICOMOS – Portugal (Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios).

Na DRC do Algarve, Dália Paulo foi substituída por Maria Alexandra Gonçalves, docente de Turismo e Gestão do Património na Universidade do Algarve e vereadora da Câmara Municipal de Faro entre 2009-13.

Fonte: Público

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.