Ocorrências

S. Bartolomeu de Messines | Caçador de Torres Vedras detido com aparelho ilegal, material apreendido

Militares do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Silves detiveram na manhã do dia de ontem, 9 de dezembro, um cidadão português de 57 anos de idade quem durante o exercício do ato venatório, fazia uso de aparelho radiofónico (chamariz) com o objetivo de atrair espécies cinegéticas.

Material apreendido

Material apreendido

No decorrer de ação de fiscalização de caça em Cerro do Bardo – S. Bartolomeu de Messines, os militares detetaram a presença de caçador que praticava o exercício da caça aos tordos, no interior de Zona de Caça Municipal, fazendo uso de um aparelho que, funcionando através de bateria, emitia sons com o intuito de atrair a referida espécie.

O indíviduo havia colocado o aparelho no cimo de uma oliveira, o qual se encontrava em pleno funcionamento, sendo que a legislação em vigor (Decreto Lei n.º 202/2004 de 18 de agosto) proibe a utilização ou a detenção, durante o exercício venatório, de aparelhos que emitam ultra-sons e ainda dos que, funcionando por bateria ou pilhas, tenham por efeito atrair as espécies cinegéticas.

Perante a constatação de tais fatos, foi o indivíduo detido e o aparelho apreendido, bem como a espingarda caçadeira e os cartuchos que tinha na sua posse.

Foram ainda apreendidos na posse do indíviduo cinco tordos, os quais foram entregues na Santa Casa da Misericórdia de Silves.

O detido, residente em Torres Vedras, está neste momento a ser presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Silves para aplicação das medidas de coação achadas por convenientes.

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.