Albufeira

“Luz da Paz” regressou este fim de semana para iluminar o Natal

A cerimónia da “Luz da Paz” decorreu este fim de semana, no sábado, 21, na igreja Matriz de Albufeira e no domingo, 22, na Igreja de São José, em Ferreiras. A tradição voltou a repetir-se pelo oitavo ano consecutivo, numa iniciativa do Município que tem vindo a acolher enorme recetividade por parte da comunidade religiosa e população em geral.

A igreja Matriz de Albufeira e a Igreja de São José, em Ferreiras, encheram-se de fiéis este fim de semana para receber a “Luz da Paz”, símbolo da irmandade entre os povos, representada pela chama proveniente da Igreja da Natividade, em Belém, lugar onde nasceu Jesus.

O evento contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Silva e Sousa, membros do Executivo, presidente da Assembleia Municipal, Paulo Freitas, Agrupamentos de Escuteiros de Albufeira e Paderne, entre outras entidades.

Desde 2005 que o Município acolhe o evento nesta quadra festiva, no âmbito do Acordo de Geminação que Albufeira mantém com a cidade austríaca de Linz. A cerimónia serve também para reforçar os laços existentes entre os dois municípios, nomeadamente através da aproximação dos seus cidadãos, valorização da amizade e solidariedade.

A cerimónia contou com o envolvimento dos Escuteiros de Albufeira e Paderne que animaram o momento com bonitos apontamentos musicais e que no final transportaram a “Luz da Paz” para as sedes das suas coletividades.

Carlos Silva e Sousa disse estar orgulhoso “por mais uma vez o Município se associar a esta tradição que nasceu há mais de 20 anos com a televisão austríaca e que simboliza a defesa da Paz, Fraternidade e Igualdade entre os povos”.

A “Luz da Paz” vai permanecer no edifício dos Paços do Concelho de Albufeira, no primeiro andar, até 6 de janeiro, Dia de Reis, para que todos quantos queiram possam aqui deslocar-se e acender uma vela pela Paz no mundo.

Por: Município de Albufeira

Categories: Albufeira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.