Castro Marim

Mito Algarvio comemora o 2.º aniversário

No passado domingo, a Mito Algarvio – Associação de Acordeonistas do Algarve – assinalou o seu 2.º aniversário, no salão de festas da Quinta do Sobral, em Castro Marim, cujo espaço foi pequeno para acolher os mais de seiscentos participantes, com uma magnifica festa de comemoração e de homenagem ao acordeão e aos acordeonistas algarvios.

Numa tarde em que o acordeão dominou por completo as atenções, além dos sócios da Mito Algarvio (acordeonistas e alunos de acordeão), vindos um pouco de todo o Algarve, mas também de outras regiões do país, marcaram presença o executivo da câmara municipal de Castro Marim, a diretora regional da cultura, Alexandra Gonçalves e a delegada regional da fundação Inatel, Adília Guerreiro.

Na abertura do almoço comemorativo, o professor de música e presidente da Mito Algarvio, João Pereira, verdadeiramente orgulhoso por conseguir sentar tanta gente à mesma mesa, agradeceu a gratidão e a disponibilidade demonstradas no crescimento e na afirmação da associação e na conquista dos jovens pelo acordeão, sublinhando o papel das entidades oficiais, nomeadamente da câmara municipal de Castro Marim,  na defesa da cultura e do acordeão.

Terminou a sua intervenção de modo emocionado, lembrando a diva do acordeão e musa inspiradora de gerações de acordeonistas, Eugénia Lima, a madrinha da Mito Algarvio, que por razões de saúde não pôde estar presente, para quem pediu uma calorosa salva de palmas.

O autarca Francisco Amaral agradeceu o amável convite da associação, confidenciando o seu orgulho pelo acordeão, um elemento incontornável da identidade cultural e musical portuguesa.

Na qualidade de presidente da Câmara Municipal, afirmou que tudo fará para que a Mito Algarvio seja o esteio do acordeão no Algarve, apoiando-a com a cedência da antiga Escola do 1º ciclo do Barrocal, em Altura, para  sede social, como acaba de fazer, pois entende que esta é uma prenda de aniversário muito útil para o seu funcionamento.

Durante mais de seis horas, muitos foram os campeões nacionais e internacionais de acordeão, que de modo brilhante e afetivo tocaram belas peças musicais na festa de aniversário da Mito Algarvio, dos quais se destacam Sérgio Conceição, Miguel Pereira, Francisco Conceição, Nelson Conceição, Fábio Guerreiro, João Frade, Ida Maria, Tino Costa e o Trio St Petersburg da Rússia.

Por: Município de Castro Marim

Categories: Castro Marim

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.