Ocorrências

LOULÉ | Sucata ilegal, 1 detido e material apreendido

O Núcleo de Investigação Criminal da Guarda Nacional Republicana de Loulé desencadeou durante o dia 6 de março de 2014, uma operação de combate à criminalidade consubstanciada no cumprimento de um mandado de busca domiciliária a uma residência e a uma sucata na cidade de Loulé.

A operação, que surgiu no seguimento de uma investigação relativa ao crime de recetação de metais não preciosos, culminou com a detenção de um cidadão português de 47 anos de idade, o qual mantinha em funcionamento, num anexo à sua residência, uma sucata ilegal.

No decurso da operação foram apreendidos diversos artigos que se suspeita terem sido furtados, designadamente eletrodomésticos de cozinha, quatro televisores LCD, três eletrobombas de água, três motores de ar condicionado, um termoacumulador, uma caldeira elétrica, uma roçadora, dois compressores, uma máquina de soldar, uma motosserra, um soprador de folhas, dois autorrádios, várias torneiras e misturadoras novas, e ainda várias centenas de metros de fio de cobre de eletricidade e telecomunicações, entre outros artigos.

No decorrer da busca foi ainda possível apreender uma arma de defesa pessoal, calibre 6.35, para além de 3.600 euros em moeda do BCE, que se supõe serem provenientes da atividade de compra e venda de sucata e da recetação de material furtado.

Para além do material apreendido, com o valor estimado de dez mil euros, de referir que a sucata em causa foi encerrada e selada por falta de licenciamento, tendo sido elaborado o competente auto de contraordenação por falta de licenciamento para gestão de resíduos, por infração ao Decreto-lei n.º 178/2006, auto punido com coima no valor de 20.000€.

De referir que foram ainda recolhidos na propriedade dois canídeos de raça potencialmente perigosa, tendo sido elaborados 12 autos de contraordenação no valor total de 7.600€ por infração ao Decreto-lei n.º 315/2009, designadamente por falta de registo, falta de licença e de seguro e por falta de condições de alojamento, entre outras.

O detido foi presente durante o dia de ontem ao Tribunal Judicial da Comarca de Loulé para aplicação das medidas de coação achadas por convenientes.

Por: Comando Distrital de faro da GNR

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.