Algarve

Está concluída a primeira etapa do desafio “Algarve Há Vela”

João Pinto, velejador com lesão medular que o deixou paraplégico após um acidento há dois anos atrás, concluiu ontem a primeira etapa do desafio a que se propôs – percorrer a Costa Algarvia num barco à vela adaptado.

João Pinto levantou vela por volta das 10h00 na Marina de Lagos, onde embarcou para o desafio acompanhado de várias embarcações. O trajecto até Portimão foi tranquilo, com vento constante e a uma velocidade média de 4 nós.

Já à chegada, o vento abrandou e o João foi “obrigado” a remar para chegar a terra para a pausa prevista na Marina de Portimão. Várias pessoas receberam o atleta e a Vela Solidária que contou, mais uma vez, com o apoio do Hotel Tivoli nesta pausa prevista.

A partida de Portimao foi por volta das 14h, tendo o João velejado a uma média de 4 nós até Armação de Pera onde o vento baixou um pouco diminuindo a velocidade do 303. Ao largo de Albufeira tivemos uma recepção de luxo com alguns veleiros e catamarans a receber o Pinto e a acompanhar a entrada na Marina de Albufeira, a qual se deu pelas 18h00. Pelas 19h00 foi dada a conferencia de imprensa no Marina Yacht Clube de Albufeira, onde falou o Luis Brito – fundador do projecto Vela Solidária -, o Joao Pinto e Carlos Urtigueira – presidente da associação regional de vela do sul.

Terminou assim o primeiro dia do Algarve Há Vela.

Hoje, a partida aconteceu pelas 9h30 da Marina de Albufeira em direção a Faro, com uma paragem prevista em Vilamoura.

Por: Equipa Vela Solidária

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.