Loulé

11.º FESTIVAL MED | Jahcoustix, La Selva Sur e Batida Balkanica juntam-se ao cartaz

A Câmara Municipal de Loulé anuncia três novos nomes que irão marcar presença no 11º Festival MED, que decorrerá entre os dias 26 e 28 de junho, em Loulé. Jahcoustix (Alemanha), La Selva Sur (Espanha) e Batida Balkanica (Portugal) são as mais recentes confirmações para este festival de World Music em terras algarvias e que prometem levar momento bastante festivos à Zona Histórica da cidade.

A 27 de junho, o  afro-americano radicado na Alemanha Jahcoustix sobe ao Palco da Matriz com os ritmos do Roots Reggae, género musical com muitos adeptos no MED.

De Sevilha para Loulé, os La Selva Sur vão apresentar no último dia do MED, no Palco da Cerca, uma viagem musical cosmopolita por várias cidades, fazendo a sua própria releitura de um amplo espetro das músicas do mundo onde cabem o swing, o reggae, o ska, as melodias dos Balcãs ou os ritmos afro-latinos.

Os sons dos Balcãs da Batida Balkanica são outra das confirmações para o cartaz desta 11.ª edição do Festival MED. Para além da Música, outras formas de arte serão abordadas neste espetáculo da Batida Balkanica, tais como a Dança, o Cinema e as Artes Performativas. A atuação está prevista para 27 de junho, no Palco da Matriz.

Recorde-se que para além destes três nomes, já estão confirmados para a edição deste ano do Festival MED Gisela João (Portugal), Mercedes Peón (Espanha), Bomba Estéreo (Colômbia), Celina da Piedade (Portugal), Jupiter&Okwess International (Congo), Turtle Island (Japão), Bombino (Niger), Graveola e o Lixo Polifônico (Brasil) e Winston McAnuff & Fixi (Jamaica/França).

Os bilhetes podem ser adquiridos no Cine-Teatro Louletano ou através do site oficial do Festival www.festivalmed.pt. Durante a pré-venda (até 6 de junho), e os bilhetes terão os seguintes preços: Bilhete Diário – 10,00€, Bilhete Festival (acesso aos 3 dias de Festival) – 25,00€ e Bilhete Diário Família (2 adultos e 2 crianças até 16 anos) – 25,00€.

No período de venda normal, entre 6 de junho e os dias do evento, os bilhetes terão os seguintes preços: Bilhete Diário – 12,00€, Bilhete Festival (acesso aos 3 dias de festival) – 30,00€ e Bilhete Diário Família (2 adultos e 2 crianças até 16 anos) -25,00€.

As crianças até aos 12 anos têm entrada é livre.

Os artistas

JAHCOUSTIX (Alemanha)

Jahcoustix

Jahcoustix

Jahcoustix passou toda a sua infância e adolescência entre o México, Quénia, Estados Unidos e Egito onde descobriu a música sobre todas as suas formas.

Aos 20 anos regressou à Alemanha onde começou a sua carreira e hoje em dia, após 5 álbuns editados e mais de 1000 concertos realizados, tornou-se num dos maiores valores do reggae europeu.

Após digressões com nomes como Gentleman, Jamaram ou Dub Inc, Jahcoustix tornou-se numa presença regular em todos os festivais de verão. Em 2013 editou o disco “Frequency” que conta comparticipações de nomes como Horace Andy, Apple Gabriel (Israel Vibration), Kabaka Pyramid e Dub Inc, o disco foi considerado por vários meios de Comunicação Social como um dos melhores discos de roots reggae do ano.

LA SELVA SUR – 28 JUNHO – PALCO CERCA

La Selva Sur

La Selva Sur

La Selva Sur é uma viagem musical cosmopolita através da música rítmica e dançante do mundo, que trouxe para o palco, de uma forma vibrante, festiva e singular, letras sinceras e comprometidas. O grupo nasceu em Sevilha, em 2006, criado por membros de várias bandas desta cidade como O’funkillo, Falso Dogma, Rare Folk o Las Niñas.

Estilisticamente eclético, muito cuidado na parte musical e instrumental, La Selva Sur faz a sua própria leitura de uma grande variedade de músicas do mundo, onde cabem géneros como o swing, o reggae, o ska, as melodias dos Balcãs com ritmos afro-latinos, numa verdadeira fusão musical que une música e festa com uma linguagem própria e otimista.

Desde a sua criação e apenas com uma maqueta, o grupo começa a participar em diversos festivais dentro e fora de Espanha, tendo vencido diversos concursos de bandas.

Em março de 2010 publicaram o seu primeiro trabalho, “La gran orquesta kamastrónica de la zanfoña galáctica”, composto por 11 temas que propõem uma viagem transoceanica com escala em Havana, Kingston, Nova Orleães, Bucareste, Londres, Belgrado ou Jerez. Música e reflexão ao ritmo do swing, reggae, ska, frenesim balcânico, salsa, rap e muito mais. Cantam o amor à terra e as injustiças.

A banda cresceu após o lançamento deste trabalho, o que lhe permitiu chegar a mais palcos de festivais europeus.

Em abril de 2013 surge o segundo trabalho discográfico, “Vacaciones en el Infierno”, uma autêntica bomba musical, ainda com mais swing, ska ou sons balcânicos.

BATIDA BALKANICA (Portugal)

Batida Balkanica

Batida Balkanica

A Batida Balkanica nasce no ano de 2012, em Portugal. O grupo foi criado por fãs (e para fãs) sedentos de ver a Fusão da Música de Leste a tomar Portugal de assalto. Surge na forma de um portal de ligação entre todos os artistas, amantes, fanáticos, simpatizantes e amigos das sonoridades mais eufóricas da história da Música.

Da etnia cigana, nasce o espirito festivo que os caracteriza. Da filosofia de vida, crescem as experiências nómadas, de conhecedores do seu Planeta, despegados da sociedade e dos bens materiais à sua volta. A Geografia ditou o nome: Música de Leste ou Balcânica!

A Batida Balkanica apresenta-se ao vivo em formato DJ Set (DJs ou DJs + Músicos + Dançarinas + Performances) ou Radio Show, onde faz uma apresentação como se estivesse na Rádio. Para além da Música, outras formas de arte são abordadas na Batida Balkanica, tais como a Dança, o Cinema e as Artes Performativas.

Por: Município de Loulé 

Categories: Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.