Opinião

Algarve perde dezenas de horas de promoção gratuita nas televisões e nas rádios

Artigo de Opinião de Jorge Matos Dias

Jorge Matos Dias

Jorge Matos Dias

O Algarve acaba de perder dezenas de horas de promoção televisiva gratuita. O culpado (mas não o responsável) é do Olhanense que esta tarde perdeu 3-1 com o Vitória de Setúbal na derradeira jornada da I Liga 2013/2014.

A culpa é do Olhanense mas a responsabilidade é da região. O Algarve – entidades oficiais e empresários – ainda não percebeu que a presença de uma equipa da região na I Liga representa dezenas e dezenas de horas de promoção gratuita por ano, não apenas nas televisões como também nas rádios e nos jornais nacionais diários, tanto nos desportivos como nos restantes.

O Algarve não aprendeu a lição quando “deixou cair” o SC Farense. Nessa altura não percebeu a importância que tem para a região e para o turismo da região ter pelo menos uma equipa na I Liga.

A frase “a equipa algarvia” não se vai voltar a ouvir, sabe-se lá até quando. A palavra “Algarve” não se volta a ver nas camisolas das equipas em jogos televisionados, sabe-se lá até quando. Os relatadores e comentadores desportivos não voltam a elogiar as condições climatéricas do Algarve porque deixam de cá vir. A região perde a receita proveniente dos adeptos que vinham apoiar as suas equipas sempre que elas vinham jogar ao Algarve.

Mas também perde o futebol: a partir de agora, passamos a ter um Algarve pequenino em termos futebolísticos.

Faço votos para que os responsáveis regionais, públicos e privados, compreendam a importância que tem ter uma equipa na I Liga e apostem convictamente nos clubes algarvios para que possamos ver, já na próxima época, novamente a palavra “ALGARVE” nas televisões, ouvi-la nas rádios nacionais e lê-la nos jornais diários nacionais.

Por último, uma palavra de reconhecimento para as entidades e as empresas que apoiam o desporto na região. Um bom exemplo a seguir por outros. Até porque dá para abater nos impostos.

Categories: Opinião

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.