Lagos

LAGOS | Concurso Público para a Reabilitação da Ponte D. Maria

A apresentação do projeto e aprovação da abertura de concurso público para a empreitada de Reabilitação e Reforço Estrutural da Ponte D. Maria decorreu dia 14, numa Reunião de Câmara extraordinária, convocada propositadamente para este fim. Prevê-se que a obra esteja concluída antes do verão de 2015.

Ponte D. Maria - Lagos

Ponte D. Maria – Lagos

Na reunião, a Câmara deliberou aprovar a proposta de abertura do concurso público para a empreitada referida e promover a publicitação do mesmo através de anúncio no Diário da República (o que já ocorreu hoje, dia 16) e fixar o preço base da empreitada em € 950.000,00 + IVA (novecentos e cinquenta mil euros), com um prazo de execução de 240 dias.

Esta sessão pública, e tendo em conta a importância do ponto tratado, decorreu na presença de um vasto público, onde figuraram empresários locais, representantes de estabelecimentos de ensino, residentes, autarcas e demais entidades.

Nesta ocasião a Presidente da Câmara Municipal, Maria Joaquina Matos, manifestou a sua “enorme satisfação pelo facto de se ter conseguido dar resposta a um grande anseio da população”, recordando que para este desfecho muito contribuiu o facto de se ter conseguido a aprovação da candidatura pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR) e a estreita colaboração entre os serviços da Câmara, a empresa municipal Futurlagos, a equipa projectista, Consulmar – Projetistas e Consultores, Lda e, ainda, a equipa que promoveu a revisão do projecto, Raiz – Consultores, Lda.

Na sua alocução, Maria Joaquina Matos salientou ainda a colaboração, ao nível da celeridade, das várias entidades que emitiram parecer sobre o projeto, nomeadamente a Agência Portuguesa do Ambiente, a Direção Regional de Cultura do Algarve, as Águas do Algarve e a EDP, o que também contribuiu para que fosse possível cumprir a calendarização estabelecida e necessária ao lançamento da empreitada, visto que existe a obrigatoriedade desta obra estar concluída antes do verão de 2015.

Referindo-se à ordem de trabalhos da reunião, a autarca classificou-o como “um momento muito importante para Lagos”, por permitir “avançar com a obra e resolver uma situação de acessibilidades, vital para a ligação entre margens e o bom funcionamento de equipamentos (escolares e outros), das unidades hoteleiras, empresas e comércio, da Marina e infraestruturas portuárias e ferroviárias, que, desde 2012, data em que a ponte teve de ser encerrada por questões de segurança, vinham sentindo prejuízo nas suas atividades”.

Pedro Parreira, engenheiro da Consulmar e diretor da equipa de projeto, referiu-se a este projeto como “uma ponte nova, reabilitando a ponte antiga e sobrepondo-as no espaço”. Na sua intervenção, Pedro Parreira caracterizou aquela estrutura, recordando a sua construção inicial, as principais intervenções realizadas e as alterações de uso que, ao longo dos anos, a ponte foi sendo alvo.

A solução projetada prevê a demolição do tabuleiro da ponte existente, o reforço estrutural dos seus pilares através de microestacas, a reabilitação arquitetónica da obra de arte, a construção de um novo tabuleiro e o reposicionamento sob o mesmo das condutas de águas e esgotos e das infraestruturas de telecomunicações. A solução desenvolvida para a geometria do novo tabuleiro da Ponte D. Maria apresenta uma largura total de 11,75 m, compreendendo uma faixa de rodagem bidirecional com 6.50 metros de largura útil, passeios de dimensão generosa de ambos os lados, permitindo, assim, a opção mista pedonal/ciclovia. Os passeios serão nivelados com a faixa de rodagem, mas separados fisicamente da mesma, solução que apresenta flexibilidade para, em caso de necessidade, reformular o espaço sobre o tabuleiro e criar mais uma faixa de rodagem.

A obra será comparticipada em cerca de 65%, por fundos comunitários (candidatura já aprovada ao PO Algarve 21 – Eixo 3 – Valorização Territorial e Desenvolvimento Urbano / Mobilidade Territorial), sendo o restante assegurado pela autarquia.

O início dos trabalhos de reabilitação da ponte está previsto para o final do verão deste ano.
Informação histórica sobre esta ponte pode ser consultada na Fototeca Municipal de Lagos em http://fototecalagos.blogspot.pt/2011/11/ponte-dona-maria.html

Por: Município de Lagos

Categories: Lagos

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.