Ocorrências

ALBUFEIRA | Bebé retirado a casal de turistas irlandeses (atualizado)

Uma bebé de 14 meses de idade está a recuperar no Hospital de Faro depois de ter sido retirada à força na noite passada de pais irlandeses embriagados de férias no Aparthotel Paraíso de Albufeira.

Aparthotel Paraíso de Albufeira

Aparthotel Paraíso de Albufeira

Os detalhes são escassos mas, de acordo com a SIC Notícias, testemunhas deram o alarme depois de verem a mãe da criança cambaleando com o bebé nos seus braços numa varanda do 8.º piso do hotel.

As mesmas testemunhas relataram que a mãe estava tão embriagada que cambaleava e estava a “bater nas paredes”.

Ainda segundo os relatos, a criança foi então removida da piscina do hotel com arranhões nas pernas e aparentando “ter sido sedado”, disse a SIC.

As queixas das testemunhas trouxeram a GNR ao Hotel por volta das 20:30 horas da noite passada e a criança foi rapidamente removida e levada para o Hospital de Faro.

Os pais não foram detidos, continua o relato da SIC, mas o Ministério Público foi informado de alegado tratamento negligente e o caso foi encaminhado para o Tribunal de Menores de Faro.

Um porta-voz do Hospital de Faro disse esta tarde que a criança estava bem, sem problemas de saúde.

Os seus pais estavam com ela e queriam levá-la para casa com eles, disse o porta-voz, mas a decisão cabe agora ao tribunal.

Se o tribunal decidir que a menina está em perigo, irá ser encaminhado para o Refúgio Aboim Ascensão mas isso pode não acontecer, disse o porta-voz, porque estas situações são “relativamente comuns” entre os turistas que visitam o Algarve e os tribunais “geralmente decidem” que os filhos voltem ao cuidado dos seus pais.

O diretor do Refúgio, Luís Villas-Boas, disse o mesmo.

“O problema é que não existem leis suficientes para evitar este tipo de situações”, disse ao repórter Michael Bruxo, do Portugal Resident. “Os pais que cometem esses tipos de atos devem ser severamente punidos”, considera.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.