Loulé

PCP, solidário com a luta das populações, visita o Serviço de Urgência Básica (SUB) de Loulé

Tinha e tem razão o PCP quando na Assembleia da República questionou o governo acerca da carência de médicos e de enfermeiros, e da má qualidade da prestação de cuidados médicos à população que este facto estava a provocar, nomeadamente no serviço de urgência básica de Loulé.

pcp_lle

A resposta, como sempre, foi evasiva e, o problema agravou-se, o que levou já ao encerramento da urgência básica durante 2 dias por falta de médicos, continuando a situação precária, o que origina que muitas vezes só exista um médico por dia. Uma situação que é inseparável da acção de sucessivos governos do PS e do PSD, com ou sem CDS, e dos compromissos assumidos com a troica, e que é também marcada pela carência de materiais básicos necessários à prestação dos cuidados de saúde, o que agrava ainda mais o problema, causando dificuldades aos profissionais que prestam os cuidados médicos e de enfermagem e, sobretudo, aos utentes que necessitam desses cuidados.

A situação actual, tendo em conta a política de destruição do serviço nacional de saúde que está em curso no país e em particular no Algarve, coloca legitimamente a ideia de que poderá estar em preparação o desmantelamento, quer do centro de saúde, quer da urgência básica. Este jogo do empurra no que diz respeito à tutela do Serviço de Urgência Básica, entre a Administração Regional de Saúde e o Centro Hospitalar do Algarve, vem dar razão às preocupações dos profissionais da saúde e das populações.

O PCP defende que, em vez de se continuar a fabricar um negócio privado à conta da degradação do SNS e da doença de muitos portugueses, não só devem ser tomadas medidas para repor os médicos, enfermeiros e outros profissionais que foram retirados a este serviço, como deve ser adoptada uma política que assegure de facto o direito constitucional a usufruir de cuidados de saúde públicos e de qualidade.

A Comissão Concelhia de Loulé do PCP, ao mesmo tempo que se solidariza com a luta das populações louletanas que ainda no passado dia 28 saíram à rua em Loulé em defesa do direito à saúde, informa que no próximo dia 2 de Junho irá realizar uma visita ao Serviço de Urgência Básica de Loulé, com uma delegação que integrará o deputado Paulo Sá. Uma visita que à semelhança de outras realizadas a este serviço, se destina a conhecer melhor os problemas e a afirmar as propostas e intervenção do PCP nesta área.

Por: Comissão Concelhia de Loulé do PCP

Categories: Loulé, Saúde

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.