Algarve

CARAVELA BOA ESPERANÇA JÁ ESTÁ EM CÁDIS

Embarcação fica atracada no porto Sherry até ao dia 24

Caravela Boa Esperança atracada no porto Sherry, em Cádiz - Foto de Miguel Librero partilhada pela Fundación Nao Victoria no Facebook

Caravela Boa Esperança atracada no porto Sherry, em Cádiz – Foto de Miguel Librero partilhada pela Fundación Nao Victoria no Facebook

A caravela Boa Esperança já se encontra atracada no porto Sherry, em Cádis, onde ficará por mais sete dias para promover o Algarve junto dos espanhóis num formato original. Lançou âncora ontem no molhe de Honra e espera-se que receba centenas de visitantes até ao dia 24 de junho.

Quase duas semanas depois de ter zarpado de Lagos, a réplica das caravelas quinhentistas usadas na epopeia dos Descobrimentos fundeia em Cádis com o objetivo de mostrar a região algarvia a bordo de uma embarcação de 23,8 metros de comprimento e 6,6 metros de boca. No seu interior estão materiais promocionais e artigos de merchandising da marca Algarve que serão vendidos a preço simbólico ao público. Público esse que poderá saber pormenores como a altura do mastro da caravela, abordar a tripulação com curiosidades de navegação e pedir mais informações sobre o maior destino de férias português: o Algarve.

A Boa Esperança veio de Sevilha, onde esteve como atração algarvia durante dez dias, tendo servido de palco a um show cooking para mais de 100 pessoas. E agora a fórmula repete-se: Cádis verá uma ação semelhante preparada no seu território, destinada aos seus jornalistas, líderes de opinião e profissionais de turismo. Trata-se também de um show cooking marcado para o dia 24 sob o mote da cataplana, mais uma vez confecionada pelo restaurante Tertúlia Algarvia, de Faro.

Mas a expedição marítima por águas andaluzas não termina aqui. A caravela passará ainda por Málaga e Almeria, estes sim os últimos portos desta viagem de 170 milhas náuticas que começou em Sevilha no início do mês e termina em setembro, com o regresso a Lagos.

Esta iniciativa com a duração de três meses é organizada pela Região de Turismo do Algarve, com o apoio da Fundación Nao Victoria.

Por: RTA – Turismo do Algarve

Categories: Algarve, Andaluzia, Turismo

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.