AGENDA

Inscrições abertas | Beta Talk de julho assinala dois anos de conversas inspiradoras em Portimão | 16 de julho

O próximo dia 16 de julho vai ser uma data especial para quem gosta de conversas inspiradoras e tem espírito empreendedor, já que a Beta Talk de Portimão celebra o 2.º aniversário e irá aliar a paixão pelo jornalismo às capacidades de comunicação, para um brinde especial às boas ideias.

Se alguém tinha dúvidas que no Algarve há gente empreendedora, dois anos de Beta Talk contrariam essa impressão, pois em 24 edições 50 empreendedores contagiaram muitos outros com as suas ideias, atitude, experiências e visão.

Mais do que um evento com data e hora marcada (sempre a 16 de cada mês, ao final da tarde – 19 horas), a Beta Talk de Portimão tornou-se num ponto de encontro para gente empreendedora e um movimento inspirador, promovendo no ambiente informal e descontraído do Café Concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão os contactos e a partilha de experiências.

A Beta Talk deste mês não foge a regra e juntará Ana Músico e Paulo Barata, mentores do projeto Sangue na Guelra (http://sanguenaguelra.com/), e Elisabete Rodrigues, fundadora e diretora do jornal online Sul Informação (www.sulinformacao.pt), para mais uma conversa inspiradora, a partir das 19h00 no espaço do costume.

Ana Músico é formada em Filosofia e, depois de alguns anos de jornalismo, passou para o outro lado, o da comunicação e consultoria na área da alta gastronomia e hotelaria de luxo, enquanto Paulo Barata, fotojornalista consagrado na área de lifestyle, viagens e gastronomia, trabalha com alguns dos melhores chefs de cozinha do país.

Ambos viram na gastronomia todo um novo universo, um mercado altamente promissor, onde há ainda muito para fazer: primeiro, criaram a empresa Amuse Bouche, especializada na comunicação da gastronomia e vinhos, tendo o Sangue na Guelra – Young Chefs with Guts surgido naturalmente, fruto da paixão e de uma visão muito particular sobre a gastronomia.

Trata-se de um festival alternativo e experimental, que tem um conceito único, não apenas em Portugal mas também na Europa – desafiar os sous-chefs, os homens ’sombra’, dos grandes cozinheiros dos melhores restaurantes nacionais e internacionais, a ultrapassarem os seus limites e a cozinharem em nome próprio, a serem mais ousados, a partilharem as suas ideias.

Já criaram entretanto o Origens, mais um projeto alternativo na área da gastronomia que decorre ao longo do ano em Lisboa e que nasce do Sangue na Guelra, havendo outras ideias em fase de desenvolvimento, porque inspirar, questionar, refletir e partilhar são os conceitos-chave das iniciativas de guerrilha da Ana e do Paulo.

Elisabete Rodrigues tem 51 anos e, apesar ter nascido em Lisboa, cedo adoptou Lagoa como a sua terra, considerando-se algarvia desde tenra idade. Licenciada em Comunicação Social pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa, é jornalista profissional desde 1985 e do seu percurso profissional fazem parte o semanário O Jornal (hoje a atual revista Visão); a Agência Notícias de Portugal, a Agência Lusa, o Independente e o Diário de Notícias.

No Algarve, durante 11 anos foi chefe de redação do Barlavento, tendo em setembro de 2011 criado o seu próprio projeto de informação, ao fundar com um grupo de colegas o jornal online Sul Informação.

Como diretora deste órgão de comunicação social regional, trilha novos caminhos e responde aos atuais desafios da informação: três anos depois, é com orgulho que lidera aquele que se tornou não só o título mais lido do Algarve (com uma média de 7500 leitores diários e quase 14 mil fãs no Facebook), como uma referência informativa na região algarvia e até no Baixo Alentejo, representando um projeto empresarial consolidado, com muitos planos para o futuro.

Porque se trata de um encontro tão especial, a Beta Talk de julho será também a ocasião para juntar e recordar os empreendedores que por aqui passaram e inspiraram os participantes com as suas ideias, numa espécie de balanço destes dois anos.

Ponto de encontro para gente empreendedora

Em 2012, o Município de Portimão, numa parceria com a Beta-I (Associação para a Promoção do Empreendedorismo e da Inovação), abraçou o desafio de ser cidade anfitriã da Beta Talk na região algarvia e fomentar mensalmente o espírito empreendedor na comunidade local.

Cada conversa teve o cunho de cada um dos empreendedores convidados que contagiaram muitos outros com as suas capacidades e ideias, tendo-se verificado uma média de 30 participantes, os quais representam uma faixa etária transversal a todas as gerações e incluem investidores, estudantes, freelancers, empreendedores ou simplesmente quem procura novos desafios e quer participar num discurso de atitude positiva e empreendedora.

As parcerias e o espírito de partilha fazem parte do ADN de um empreendedor e a Beta Talk não foge à regra, tendo contado neste período com a importante colaboração de diversos parceiros, como o jornal online Sul Informação e a rádio universitária RUA FM, parceiros media a quem muito se deve a divulgação destes encontros, assim como sucede com a promoção feita através da rede dos principais agentes ligados ao empreendedorismo na região, nomeadamente a Universidade do Algarve através do CRIA – Centro Regional de Inovação do Algarve/Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia, ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, NERA – Associação Empresarial da Região do Algarve, APGICO – Associação Portuguesa de Criatividade e Inovação, GAIM – Gabinete Académico de Investigação e Marketing, Inesting e Algarve Emprego.

O envolvimento da comunidade local, nomeadamente os mais jovens, tem sido uma constante desde o início da Beta Talk, que já se deslocou ao polo de Portimão da Universidade do Algarve e à Escola Secundária Poeta António Aleixo (ESPAA) para edições especiais, enquanto que ao nível da cobertura fotográfica e de vídeo contou até há pouco com a colaboração da etic_algarve, estando essa tarefa atualmente a cargo dos alunos do Curso de Multimédia da ESPAA.

Uma vez que as boas ideias merecem um brinde, o mesmo está desde já assegurado pelo habitual apoio dos vitivinicultores locais Quinta do Morgado da Torre, Herdade dos Pimentéis e Quinta da Penina, que desde o primeiro momento estabeleceram uma parceria com a Beta Talk, promovendo os vinhos produzidos no concelho.

Inscrição prévia e gratuita

Como é habitual, a participação na Beta Talk de julho é totalmente grátis, embora seja necessária inscrição em http://tinyurl.com/beta-talk-portimao-julho, ficando o wine-break por conta de quem vem, pelo que os participantes são convidados a trazer vinho (ou sumo) e snacks para partilhar.

De referir que em agosto a Beta Talk de Portimão vai de férias, pela primeira vez em dois anos, regressando a 16 de setembro para uma nova temporada de conversas inspiradoras.

Por: Município de Portimão

Categories: AGENDA, Portimão

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.