Algarve

JS Algarve realizou Roteiro do Trabalho e da Precariedade

No passado dia 15 de Julho, a JS Algarve realizou o Roteiro do Trabalho e da Precariedade, iniciativa que trouxe o Secretário-Geral da JS, João Torres, ao Algarve. A iniciativa iniciou-se com uma reunião com a direção regional do Instituto de Emprego e Formação Profissional. Acompanhada pelo Presidente do PS Algarve, António Eusébio, a comitiva da JS demonstrou a sua preocupação com a situação de actual congelamento dos estágios profissionais, assim como a redução do tempo dos estágios de 12 para 9 meses, uma das alterações que o governo pretende efectuar e que preocupam a JS Algarve.

roteiro

A JS considera que a redução dos apoios de 80% para 65% e o facto de a verba disponibilizada para abertura de estágios ter esgotado em 5 meses levam a que , com estas medida, o governo pretenda marcar a taxa de desemprego, mantendo mais gente a trabalhar por menos tempo e em situação de maior precariedade. A JS demonstrou ainda a sua preocupação com a possiblidade de empresas estarem a despedir trabalhadores para recorrer à contratação através de estágios profissionais e assim beneficiar de uma redução dos seus custos laborais.

A JS tomou ainda conhecimento dos dados detalhados do desemprego jovem que afectam a região assim como trabalho que a delegação regional está a efectuar no terreno, nomeadamente a aplicação do programa Formação Algarve e de outros programas na área da formação profissional, os quais a JS considera de enorme importância para o combate ao desemprego prolongado, fortemente associado a baixas qualificações.

O Roteiro seguiu-se com uma visita ao projecto Em Con_tato, da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira. Acompanhados pelo dirigente regional do PS, Fernando Anastácio, a comitiva da JS conheceu um projecto polivalente onde o emprego, formação personalizada e qualificações, intervenção familiar e capacitação pessoal são algumas das suas áreas de intervenção. Na visita, onde esteve presente a Provedora da Santa da Misericórdia de Albufeira, Patrícia Seromenho, foi possível tomar conhecimento do esforço que a SCMA tem feito no campo da inclusão profissional, nomeadamente de pessoas portadoras de deficiência, através dos seus programas de formação profissional, com elevado níveis de sucesso de reinserção de pessoas no mercado de trabalho.

O Roteiro terminou com uma visita ao Projecto Barril, na Praia do Barril em Tavira. O Projecto, cujo um dos parceiros é a Universidade do Algarve, conta com o envolvimento de  mais de uma dezena de jovens recém licenciados e pretende combater a sazonalidade da actividade turística da região. Com o objectivo de reviver o contexto histórico da pesca do atum na região do algarve, o Projecto alia a “praia e sol” às potencialidades do turismo de acessibilidade apostando na preservação do valor histórico da zona e da valorização dos produtos tradicionais da região. A Js Algarve tomou conhecimento das dificuldades do Projecto por falta de enquadramento do futuro quadro de apoio comunitário e pelo facto dos estágios profissionais dos jovens envolvidos terminarem em Outubro, tempo que será manifestamente insuficiente para concluir um projecto, que também é de empreendedorismo e de capacitação dos jovens nele envolvidos.

Por: Secretariado da JS Algarve

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.