AGENDA

Inauguração Loja Âncora Repto no Forum Algarve, em Faro | 26 de julho das 17h00 às 18h30

Portugal está em crise. Os portugueses também. Uma crise de identidade. Talvez seja mais do que uma crise de identidade. Talvez seja uma crise de mentalidade. A descrença no produto nacional também reflete o sentimento de baixa autoestima e a dificuldade em reconhecer mérito a outro português. E isso tem de mudar. Este é o Repto que lançamos.

Queremos contribuir para reconciliar os portugueses com as suas marcas e os seus verdadeiros valores.

Queremos ter uma voz, mas principalmente, queremos dar uma voz a todos os que, todos os dias, continuam

a lutar por um futuro. Os inconformados. Os proativos. Os que acreditam neles próprios.

O Repto é muito mais do que uma marca de roupa.

É um conjunto de princípios e opiniões próprias, materializados em mensagens, ações e atitudes.

É desafiador, apela a todos para serem e fazerem melhor do que já fizeram até agora.

Não se conforma com a apatia e o espírito derrotista. A crise explica mas não desculpa tudo, sobretudo a inactividade.

Quer contribuir para, de uma vez por todas, restaurar o orgulho do que é nosso, do produzido em Portugal.

Não estamos a apregoar que somos melhores do que o que é estrangeiro, mas sim provar que merecemos as mesmas oportunidades, a mesma atenção, a mesma predisposição para aceitar o que é nosso.

Não queremos desvalorizar o que vem de fora, mas sim valorizar o que vem de dentro.

Por isso, vamos dar mais um passo importante.

Dia 26, a partir das 17 horas, inauguramos a primeira loja Repto, no Forum Algarve.

Com vestuário produzido exclusiva e assumidamente em Portugal, com orgulho português e qualidade portuguesa.

Não pedimos que saiam desta loja com roupa para vestir, mas sim com roupa para sentir… e uma mensagem para divulgar:

O repto está lançado.

Já aceitaram o repto:

Ricardo Carriço, Maya, Carla Baía, Sandra Sá, Diogo Piçarra…

Vais responder?

Por: Repto

Categories: AGENDA, Empresas, Faro

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.