Algarve

Turismo do Algarve repudia declarações de Henrique Raposo

O presidente da comissão executiva da Região de Turismo do Algarve (RTA), Desidério Silva, repudia as declarações do cronista Henrique Raposo, que, num artigo recentemente publicado no jornal «Expresso», destrata os algarvios e o principal destino de férias do país, colocando em causa o bom nome da região.

Desidério Silva - Presidente do Turismo do Algarve

Desidério Silva – Presidente do Turismo do Algarve

No artigo, Henrique Raposo classifica os algarvios como «indolentes» e «insolentes», caracterizando-os por uma «ausência de sorriso» generalizada.

Refere-se então o cronista a um povo que há mais de meio século, se em conta tivermos o momento de explosão turística da região, recebe milhões de portugueses e estrangeiros numa terra que não considera apenas sua, mas de todos os que a visitam ano após ano, para bons momentos em família ou entre amigos, longe do bulício dos sítios em que residem. Refere-se então o cronista a um povo que está entre os que melhor acolhem os turistas: será preciso recordar que um estudo do Fórum Económico Mundial destacou a hospitalidade e a simpatia dos portugueses em 2013, colocando Portugal em sétimo lugar na lista dos países mais afáveis para com os seus visitantes? Ou não serão os algarvios, também eles, portugueses?

Refere-se ainda o cronista a um povo com o qual os turistas portugueses têm forte afinidade, fruto da sua familiaridade com o Algarve e da satisfação que sentem com as experiências vividas no destino, segundo nos revelou um estudo promovido pela RTA em 2009, executado por uma equipa de investigadores da Universidade do Algarve. Refere-se, por fim, o cronista ao povo de uma região que em 2013 registou 3,15 milhões de hóspedes e cerca de 14,82 milhões de dormidas. Estes números são mais do que números: são pessoas que escolheram vir para o Algarve e que com ele, e no meio das suas gentes, gostaram de passar férias.

O Algarve é o maior destino turístico do país – já conquistou diversos prémios pela qualidade das suas praias, dos seus golfes, da sua hotelaria e da sua restauração (estão aqui os dois únicos duas estrelas Michelin de Portugal) – e só consegue sê-lo por todos os que nele residem e trabalham e por todos os que continuam a elegê-lo como o seu destino de férias predileto.

Assim, a comissão executiva da RTA enaltece e reconhece publicamente o empenho de todos os profissionais do setor do turismo e a arte de bem receber dos habitantes desta região que conseguem, em conjunto, desenvolver as maiores «amizades» e «paixões» pelo nome Algarve.

Desidério Silva – Presidente da Região de Turismo do Algarve

Categories: Algarve, Turismo

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.