Desporto

António Rosado joga Open da África do Sul

António Rosado, natural de Quarteira, começou o ano da melhor maneira e venceu hoje o qualifying do The South African Open Championship Hosted by the City of Ekurhuleni, o torneio de um milhão de euros em prémios monetários que arranca na próxima quinta-feira. Tó Rosado jogou a fase de qualificação no Zwartkop Country Club, em Pretória, e venceu esta competição de 18 buracos com o expressivo resultado de 65 pancadas, 6 abaixo do Par, batendo por 1 dois sul-africanos, Etienne Bond e Theunis Spangenberg.

António Rosado na África do Sul

António Rosado na África do Sul

António Rosado qualificou-se para o Open da África do Sul, depois de vencer a etapa de Zwarykop Country Club das três que se realizaram hoje. O português de 30 anos, número 1 da Money List do IGT Tour 2014, circuito satélite sul-africano, onde foi eleito Jogador do Ano depois de somar cinco vitórias, entregou um fantástico cartão de 65 pancadas (-6) com oito birdies (2, 3, 9, 10, 11, 13, 16 e 18) e um duplo no Par-4 do 14 e deixou Etienne Bond e Theunis Stangenberg, também apurados, a um shot.

Será a sua 16.ª participação em torneios do European Tour, após cinco participações no Open de Portugal, cinco no Open da Madeira — passou os cuts de 2012 e 2013 no Santo da Serra — e cinco Portugal Masters.

Quando jogas qualifyings de um dia, precisas de ter sorte porque podes fazer -5 e falhar, como podes fazer -2 e passar. Tive a sorte de jogar num campo em que os resultados não foram muito baixos. Fico contente por me ter qualificado. Foi um prémio para os Redskins que me têm apoiado em tudo e fazem tudo o que é possível para poderem ajudar-me. Resta-me descansar um pouco e tentar fazer o meu melhor no torneio“, disse o campeão nacional de 2009 ao Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe.

Stephen Ferreira terminou em 540 também no Zwartkop CC com 74 pancadas (+3) — quatro birdies (1.3, 4 e 10), três bogeys (2, 9 e 15) e dois duplos (6 e 11), ambos em Par-4 —, enquanto Roy da Costa foi 300 no Kempton Park Golf Club com 72 (Par) — cinco birdies (12, 16, 2, 3 e 8), três bogeys (11, 13 e 5) e também um duplo num Par-4 (4).

Sendo assim, vamos ter dois portugueses no Glendower Golf Club, em Joanesburgo, a partir de quinta-feira, uma vez que Ricardo Santos (também natural de Quarteira) garantiu o seu lugar a partir da Categoria -16.

Categories: Desporto, Quarteira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.