Algarve

Visitantes dos monumentos com entrada controlada tutelados pela Direção Regional de Cultura do Algarve aumentam visitantes em 5,1%

Os monumentos com fruição pública tutelados pela Direção Regional de Cultura do Algarve – Fortaleza de Sagres, Ermida de N.ª Senhora de Guadalupe, Monumentos Megalíticos de Alcalar e Ruínas Romanas de Milreu – tiveram um aumento global de cerca de 15.300 visitantes em 2014, o que se traduziu num aumento de 5,1% relativamente ao ano anterior. No total visitaram estes equipamentos cerca de 316.500 pessoas, sendo que aproximadamente 70% são visitantes estrangeiros.

A Direção Regional de Cultura do Algarve tem procurado divulgar e dinamizar os monumentos por si tutelados através do novo site (www.cultalg.pt),  das ligações a sites de outros organismos e instituições, e também pelo desenvolvimento de micro-sites sobre os monumentos, cujos conteúdos podem igualmente ser acedidos em www.monumentosdoalgarve.pt.

Também a criação em 2014 do DIVAM – Programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos, que conta com a parceria de várias associações culturais e municípios algarvios, oferecendo aos visitantes e residentes um leque diversificado de ofertas de programação cultural contribuiu para uma maior diversidade na oferta cultural complementar dos monumentos do Algarve, com o objetivo de levar as comunidades próximas a revisitar o seu património.

A Direção Regional de Cultura do Algarve tem desenvolvido um esforço no sentido de melhorar os serviços e as condições de fruição dos monumentos, quer através de intervenções pontuais de manutenção quer com o Projeto de Requalificação e Valorização do Promontório de Sagres, cuja primeira fase do programa está quase concluída, tendo uma das principais empreitadas, a de “Reabilitação das muralhas e iluminação cénica” sido concluída no final de 2014.

A segunda fase, já com o contrato de financiamento assinado com a CCDRAlgarve (QREN e PIPITAL), aguarda a assinatura do contrato de financiamento do Turismo de Portugal (PIT) para que se possa concretizar a empreitada de reabilitação dos 4 corpos correspondentes ao edificado dos anos 90, sendo que um desses espaços irá acolher o Centro Expositivo do Promontório de Sagres com conteúdos para explicação do sítio e da temática dos Descobrimentos europeus na perspetiva do primeiro processo de globalização mundial, considerando: as trocas comerciais, a evolução do conhecimento científico, a divulgação de novos produtos alimentares, a descoberta dos outros na sua diversidade e a difusão da língua portuguesa no mundo. Estas e as restantes ações de promoção e divulgação do Promontório de Sagres deverão ocorrer durante o ano de 2015, estimando-se que toda a execução física e financeira do projeto de Requalificação e Valorização do Promontório de Sagres estejam concluídas em 2016.

A Direção Regional da Cultura do Algarve entregou ainda na semana passada uma candidatura do Promontório de Sagres a “Marca do Património Europeu” 2015 que sendo uma iniciativa da União Europeia de 2006, poderá pelo seu reconhecimento contribuir para o reforço da valorização deste património único do Algarve.

Por: Direção Regional de Cultura do Algarve

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.