Loulé

Morreu Joaquim Pedro, ex-presidente da Junta de Freguesia de Querença

Joaquim Pedro é recordado por Hélder Martins, também ele ex-presidente da Junta de Freguesia de Querença, numa mensagem deixada na sua página no Facebook, cujo teor aqui partilhamos:

O JOAQUIM PEDRO DEIXOU-NOS!

Joaquim Pedro - Querença

Joaquim Pedro – Querença

Desde que me conheço que conheço o Joaquim Pedro. Primeiro como comerciante e funcionário da Cimpor, depois, logo após o 25 de Abril como Presidente da Junta de Freguesia de Querença, cargo que desempenhou durante vários mandatos.

A minha entrada na atividade política fez-se com um combate político com o Joaquim Pedro. Fomos ambos candidatos á presidência da Junta de Freguesia de Querença. No calor dos meus vinte e poucos anos levei uma lição de democracia e perdi! E durante quatro anos trabalhámos em conjunto na Assembleia de Freguesia e, desde essa altura passei a apreciar, ainda mais, o bom homem que era o Joaquim Pedro.

Quis o destino que passados quatro anos os resultados se invertessem e voltámos a sentar-nos, durante mais um mandato, na Assembleia de Freguesia. Travámos intensos debates mas sempre com base no respeito mútuo e admiração.

Mais tarde, em diversos lugares fomo-nos cruzando e a amizade e a admiração foi sempre crescendo.

Recordo a sua luta, ao lado do Joaquim Bento (outro presidente da Junta já desaparecido) e do Professor Farias, quando lutávamos pela construção do Centro de Dia e Lar de Querença.
Gostava ainda aqui de recordar um momento, em que talvez no auge da minha atividade política, ganhei as eleições para a presidência da RTA. Numa sala do Governo Civil de Faro repleta de amigos, após a tomada de posse, no calor dos abraços de felicitações, vejo duas pessoas de Querença, para me saudar. As únicas pessoas de Querença, entre os mais de 600 presentes!
E eram o Sr. Joaquim Pedro e o Sr. Miguel que quiseram estar presentes para me dar um abraço e me incentivarem no trabalho que naquela hora começava! Jamais esquecerei este momento pois, como é do comum conhecimento, não sendo ambos da mesma área política a que sempre pertenci, não deixaram de dizer presente naquele momento. Foi este um dos momentos mais intensos e cheios de significado da minha vida política.

Ao longo dos vários anos que se passaram após esse momento, nunca deixámos de nos cruzar e sempre que tínhamos uns momentos lá íamos falando um pouco sobre os interesses da comunidade.

O Joaquim Pedro deixou-nos! Fê-lo por opção própria. Uma opção que todos devemos respeitar. Não mais o voltaremos a encontrar na luta pelos seus princípios.

Querença ficou mais pobre! Joaquim Pedro foi um homem de causas! E sempre lutou por elas.

Que todos nós saibamos respeitar o seu legado e o trabalho que, em prol da comunidade, sempre foram feitos com base no interesse comum e nunca no particular.

Joaquim Pedro era um HOMEM BOM.

Que essa imagem perdure entre todos os seus amigos.

Aos familiares uma palavra de apreço e que o seu exemplo vos faça enfrentar e superar a dura realidade. Sentidas condolências.

Hélder Faria Martins

Categories: Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.