Silves

SB Messines com projeto vencedor | Bairros portugueses recebem 35 mil euros para dinamizar as comunidades locais

“Todos queremos um bairro melhor” é uma iniciativa da Comunidade EDP e da Visão dirigida às populações locais

Dez bairros portugueses vão receber 35 mil euros a serem aplicados nos projetos apresentados para dinamizar as suas comunidades locais, no âmbito da iniciativa “Todos queremos um bairro melhor” da Comunidade EDP e Visão.

O projeto, que teve início em Janeiro deste ano, lançou o apelo às populações dos bairros locais para apresentarem projetos de melhoria para as suas áreas de residência. Para dar voz às suas preocupações e sugestões, os portugueses apenas tinham de aceder à plataforma do projeto em comunidade.edp.pt (rede de parceiros da EDP Comercial que, de norte a sul do país, oferecem descontos aos clientes da empresa) e candidatar o seu projeto.

A iniciativa foi muito bem recebida pelos portugueses, tendo contado com 324 projetos inscritos e a participação de 326 embaixadores – uma figura criada para promover o projeto e ajudar na angariação de ideias, desde membros das juntas de freguesia a parceiros da Comunidade EDP.

As ideias apresentadas e disponíveis para consulta na plataforma online foram votadas pelo público em geral. Aos 10 grandes vencedores, agora conhecidos, foi atribuído um prémio até 5 mil euros para ajuda à concretização dos projetos apresentados.

Projetos como melhoria de hortas comunitárias; criação de rede de babysitting low cost para famílias com dificuldades económicas; sensibilização para a manutenção da limpeza nas ruas da cidade e compra de uma carrinha para apoiar idosos nas tarefas diárias que envolvem deslocações, são algumas das ideias vencedoras que vão permitir uma melhoria de qualidade de vida nos bairros vencedores.

Em «Todos Queremos um Bairro Melhor», a Comunidade EDP e a Visão apelaram à participação dos cidadãos com vista a uma melhoria do estilo de vida de todos os portugueses. O foco central desta iniciativa recai assim sobre o poder de cada cidadão em poder sugerir novas ideias, propor ações inovadoras, dando uma nova energia aos bairros de todo o país.

O seu cariz social é o fator diferenciador do projeto que apresenta como premissa o fortalecimento das vivências das comunidades, através de um estreitamento da relação entre vizinhos e do bem-estar nas áreas de residência locais.

Projetos vencedores:

  1. Semeando afetos (Abrã) – Centro de convívio que pretende comprar carrinha para apoiar idosos nas tarefas diárias que envolvem deslocações (compras, pagamento de contas, idas à farmácia, etc.) e atividades recreativas;
  2. 4.ª Edição Dia B – Movimente esta ideia! (Barreiro) – Dia anual de voluntariado urbano em grande escala (> 5500 participantes – escolas, associações, empresas e particulares) com intervenções abrangentes (recuperação de parques, requalificação de edifícios abandonados históricos, arte urbana, etc.) determinadas pelos próprios intervenientes;
  3. Bairro da Torre em Cascais – com a EDP vai ser bom demais! (Torre) – Jovens num bairro desfavorecido querem criar um circuito de manutenção física e um estúdio de gravação de música para a comunidade;
  4. Mentes Brilhantes – (Mirando do Corvo) – Cursos de estudos avançados de Ciências, Matemática, Língua Portuguesa e História para os alunos locais, principalmente os mais desfavorecidos. Projeto já em curso, precisam de fundos para o expandir;
  5. Super Baby-sitters (Lisboa) – Criação de rede de babysitting low cost para famílias com dificuldades económicas;
  6. Quinta dos Patudos – Parque rural canino (SB Messines – Silves) – Aproveitamento de um terreno agrícola para criar um parque de passeio e exercício de cães, prática de desportos caninos, seminários/workshops de educação e treino de cães e outras atividades envolvendo animais com supervisão de experts em educação canina;
  1. Horta Urbana Cooperativa (Gondomar) – Repartir terreno para produção de alimentos por 54 famílias necessitadas, + recuperação de uma casa no terreno para transformação e venda dos alimentos produzidos;
  2. Horta do Baldio – uma horta comunitária feita e gerida pelas gentes para as gentes (Avenidas Novas) – Melhoria de uma horta comunitária/jardim biológico já existente – criação de uma cozinha comunitária ao ar livre, compra de materiais para agricultura e landscaping;
  3. Vila Boa do Bispo 9K – (Vila Boa do Bispo) Criação de percurso de manutenção física, atletismo e caminhadas na freguesia com disponibilização de informação técnica;
  4. Gosto de ti e do teu cão, só não gosto do cocó no chão! (Lisboa) – Sensibilização para a manutenção da limpeza nas ruas da cidade.

Categories: Silves

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.