Ocorrências

GNR de Albufeira detém cidadão por furtos

Militares do Subdestacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Albufeira detiveram durante o fim de semana um cidadão português de 39 anos de idade, indiciado pela prática de dois crimes de furto.

Posto da GNR de Albufeira

Posto da GNR de Albufeira

Na madrugada de sábado, cerca das 04h00, no decorrer de ação de patrulhamento os militares foram alertados para a ocorrência de um furto a habitação localizada numa área residencial da cidade de Albufeira, deslocando-se de imediato para o local.

Na posse das características do indivíduo, os militares lograram localizar e deter o suspeito, o qual momentos antes havia sido surpreendido pelos proprietários no interior da residência, tentando depois a fuga apeada.

Após ter sido detido, sem que tenha consumado o ilícito, foi o indivíduo presente ao Departamento de Investigação e Ação Penal de Portimão, tendo-lhe sida aplicada a medida de coação de apresentações periódicas no posto policial da área de residência.

Volvidas vinte e quatro horas, cerca das 04h00 do dia 17 de maio, domingo, foi o referido indivíduo novamente detido, neste caso após ter furtado a mala a uma turista estrangeira, numa das principais zonas de diversão noturna da cidade de Albufeira.

A pronta e diligente ação dos militares, alertados pela vítima para a ocorrência do furto e características do suspeito, permitiu localizar e intercetar o indivíduo a escassos metros do estabelecimento de diversão onde consumou ilícito, tendo recuperado e devolvido à legítima proprietária os objetos furtados (um telemóvel, um isqueiro e 60€ em moeda do BCE).

O individuo, já conotado com este género de ilícitos, consuma os furtos no interior de estabelecimentos comerciais, colocando o seu casaco por cima dos objetos que pretende furtar (normalmente malas de senhora), sendo que de seguida, e ao pegar novamente na referida peça de vestuário, retira os objetos do local (malas) e ausenta-se do estabelecimento.

O detido, residente em Albufeira, está a ser presente ao Departamento de Investigação e Ação Penal daquela cidade para aplicação das medidas de coação achadas adequadas.

Por: GNR – Comando Territorial de Faro

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.