AGENDA

Núcleo de Oralidade, Memória e Esquecimento debate Alte Aldeia Cultural | 6 de junho

No dia 6 de junho vai decorrer no Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte, em Alte, o Encontro de Primavera do Núcleo de Oralidade, Memória e Esquecimento do MINOM – Portugal (Movimento Internacional para uma Nova Museologia), ao qual o Museu Municipal de Loulé se associa.

Com o tema “Alte Aldeia Cultural?”, desta vez acompanham-nos as memórias de uma Aldeia Cultural que procura construir um modelo de gestão sustentável, capaz de reconhecer e valorizar a riqueza e a diversidade que habitam Alte do século XXI.

O evento arranca pelas 9h30, com uma sessão coletiva de boas vindas. Segue-se um passeio por Alte, pela mão de Daniel Vieira.

Pelas 11h30, Dália Paulo e Sónia Silva realizam uma visita guiada ao Pólo Museológico de Alte e irão apresentar o projeto “Viver o dia a dia através de um Museu de Comunidade”.

Já na parte da tarde, pelas 14h30, terá lugar uma ronda de experiências culturais na Aldeia com os seguintes participantes: Maya dos Termos (artista local), Jorge Graça (fotógrafo), Pedro Domingues (criativo e responsável da marca Germano), Julieta Coelho (guardiã de memórias locais), Hélder Raimundo (professor da Escola Superior de Educação e Comunicação da UAlg) e António Martins (Teatro da Estrada – Associação Cultural de Alte).

Às 15h00, haverá um debate com a comunidade à procura de respostas como Que presente para a Aldeia de Alte? Que gestão cultural e quais os sensos e os contrassensos do modelo atual? Como podem as memórias e as criatividades locais ajudar a construir uma fórmula sustentável? Qual o papel das associações culturais na construção dos novos modelos de aldeia glocal?

O Encontro encerra com uma ronda coletiva de conclusões, a partir das 17h00, e a atuação dos “Velhos da Torre”.

Criado em 2012, o Núcleo de Oralidade, Memória e Esquecimento (NUOME), integra a estrutura polinucleada do MINOM – Portugal e tem como principal objetivo explorar o potencial das oralidades, das memórias e do esquecimento através dos museus e da participação das populações locais, contribuindo assim para a valorização da diversidade cultural que caracteriza o território português.

Neste contexto, e com a ajuda de diferentes museus locais interessados em debater as questões da memória, o NUOME tem vindo a desenvolver uma linha de encontros temáticos, que permitem cruzar olhares e experiências entre museus, pessoas e percursos, mas também aceder aos conteúdos, aos sentidos e aos saberes  relacionados com toda uma micro-história local ainda por descobrir.

Inscrições obrigatórias até dia 3 de junho: pm.alte@cm-loule.pt  / 289478058

Por: Município de Loulé

cartaz

Categories: AGENDA, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.