Opinião

O sofrimento voltou. Crónicas de frustração social | EU LEMBRO-ME DE KIEV, TALVEZ…

Artigo de Opinião de Maria Baião

maria_baiao

QUARTEIRA, 27 de Julho de 2015. HOJE. Estava de folga e resolvi tomar o café da manhã em Quarteira. No pensamento, apenas uma ideia fixa: aproveitar para descontrair, ir à praia, esticar-me com os meus livros (leio sempre 3 ou 4 ao mesmo tempo) e respirar. Eis senão quando me pedem um cigarro! Voltei-me e vi uma rapariga franzina, loira de olhos claros, ar atrevido e inteligente. Perguntei-lhe Porquê??? Vi-a a tomar uma imperial e achei que não havia razões para dar tabaco, mas nada me preparara para a sua resposta.

Dá-se o caso que a moça é Ucraniana, também estava de folga, não sabia dos amigos e precisava de um cigarro que a ajudasse a passar o tempo.

Pensei para comigo, estou feita…. Dado o cigarro, veio o agradecimento, sob a forma de confissão improvisada. Que tal e coisa, tinha trabalho, mas não era certo. Quer dizer, chamam-na pelo telemóvel quando precisam de Empregados de Mesa. Ganha 5 eur à hora. Logo aí diminuí o ritmo com que engolia o café, pensando para comigo, éh láàà..mas isto é menos do que se paga a uma Senhora das Limpezas…

Ficando a saber onde, logo decidi encetar a minha investigação particular.

A bica ía a meio e a minha solidariedade aumentava na proporção inversa.

Continuando, lá afirmou que tinha 2 FILHOS e portanto lhe davam jeito os 25 euritos que lhe pagavam, 5 horas, as mais das vezes mais uma a arrumar, que não contava. Ora essa??? Ah sim, mas é muito melhor que o meu trabalho anterior….

A sério?? (Se fosse de desmaiar, caía redonda..) E qual era o seu trabalho antes?

Ahhh trabalhava numa loja chinesa como caixa. Ganhava 20 euros POR DIA, 8 horas de trabalho e só podia sair para fumar um cigarrinho uma vez por dia..

Nesse momento tremeram-me os olhos. Lembrei uma longínqua noite em que o estomago não se calava. Tinha comido um queijo fresco e umas batatas fritas o dia todo. Era fresca e jovem e a força e determinação atravessava-se nas veias. E também vendi a minha força de trabalho por menos do que valia a minha licenciatura, mas era mesmo um estágio, teve a duração de um estágio e foi muito compensador.

Os emigrantes como ela, são os novos escravos. E é INDIGNO ser EUROPEU e tratar os nossos irmãos desta maneira. É INDIGNO aceitar que em nome de VISTOS GOLD e BENEFICIOS FISCAIS RENOVÁVEIS DE 5 EM 5 ANOS aceitemos adquirir bens a pessoas que tratam os nossos IRMÃOS como são tratados na terra de onde fugiram e que abandonaram. É INDIGNO NÃO DENUNCIAR O QUE SE PASSA AQUI NA TERRA QUE ESCOLHEMOS PARA VIVER, COM UM GOVERNO QUE SÓ NOS VENDE MENTIRAS. É URGENTE SENSIBILIZAR OS CIDADÃOS PARA ESTA LOUCURA.

Fui-me embora do café agoniada.

Calhou que, se a memória não me falha, li há pouco tempo um artigo sobre a génese dos Europeus. Pesquisando na net, termino com o seguinte: “Segundo as conclusões dos estudos (Revista Nature), (os Europeus) eram oriundos de uma região que abrange parte daquilo que são hoje a Roménia, Moldávia, Ucrânia, Rússia e Cazaquistão. “Esse tumultuoso período viu surgir novas tecnologias e tradições culturais – a utilização de armas sofisticadas, carroças puxadas por cavalos, mudanças nos ritos funerários – que se espalharam pela Europa e a Ásia, vindas das estepes entre o Mar Negro e o Mar Cáspio”, explica a revista científica britânica em comunicado.” IRONIA???? – Fonte citada: Público, 17-06-2015

Categories: Opinião

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.