AGENDA

CUVI: “É urgente pôr fim às ruinosas e fatídicas portagens da Via do Infante!”

PRÓXIMAS AÇÕES:

Sexta-feira, dia 14 de agosto, pelas 17.00 horas, no Restaurante Brasas & Vinhos, em Almancil, irá realizar-se o Fórum/Debate As PPP Ruinosas e as Portagens na Via do Infante

Domingo, dia 16 de agosto, a partir das 19.30 horas, a Comissão de Utentes da Via do Infante irá deslocar-se pela última vez à Aldeia da Coelha, em Albufeira, à residência de férias do Presidente da República

cuvi

Com a chegada de mais um verão ao Algarve intensificou-se o tráfego na caótica e muito perigosa EN 125. Muitos condutores para fugirem às portagens da A 22 aventuram-se pela “rua urbana” 125 que provoca mais de 20 acidentes por dia, um autêntico estado de guerra, não declarado, na região. É verdade que muitos acidentes se devem à falta de civismo dos condutores, no entanto as portagens na A 22, a degradação, a falta de requalificação e as características específicas inadequadas da EN 125 contribuem dramaticamente para o aumento da sinistralidade no Algarve. Nas últimas 48 horas dois brutais acidentes tiraram a vida a 3 pessoas e provocaram diversos feridos graves.

Além do agravamento da crise social e económica na região, com muitos milhares de desempregados a mais e centenas de falências de empresas e outras em grandes dificuldades, as portagens estão a provocar o derramamento de sangue de muita gente inocente! Esta catástrofe tem de parar! Os responsáveis pela introdução das portagens – governo PSD/CDS com o apoio do PS – têm de parar para pensar e tomar medidas para a sua abolição imediata!

Tanto António Costa como Passos Coelho prometem, em vésperas de mais um ato eleitoral, baixar o custo das tarifas das portagens o que não irá resolver o fundamental a EN 125 continuará saturada de tráfego e a concessionária da PPP da Via do Infante irá exigir ao governo um pedido de reequilíbrio financeiro no valor de milhões. Ou seja, os contribuintes terão de continuar a pagar muitos milhões para encher os bolsos de uma PPP deveras ruinosa que contempla cláusulas confidenciais no seu contrato.

Recentemente, o governo aprovou a alteração ao contrato da PPP da Via do Infante, dizendo que permitiu ao Estado uma poupança de algumas dezenas de milhões de euros. Com esta renegociação o governo não mexeu no essencial, apenas diminuiu os custos de manutenção da via. E o essencial é a continuação das rendas chorudas e abusivas que os privados da concessionária auferem, com taxas muito superiores às taxas de juro da dívida pública portuguesa! Um verdadeiro negócio da China e que representa muitas centenas de milhões de euros. Pelos vistos o governo não teve coragem de tocar nas cláusulas secretas do contrato.

A continuação da luta pela suspensão imediata das portagens encontra-se mais que justificada. Na próxima sexta-feira, dia 14 de agosto, pelas 17.00 horas, no Restaurante Brasas & Vinhos, em Almancil, irá realizar-se o Fórum/Debate As PPP Ruinosas e as Portagens na Via do Infante, organizado em conjunto pela Comissão de Utentes da Via do Infante, Moto Clube de Faro e pela Confraria dos Cavalheiros da Tábua Quadrada. Marcará presença, como convidado especial, Paulo de Morais, vice-presidente da Associação Cívica Transparência e Integridade, que procurará desmontar as cláusulas contratuais da PPP da A 22.

No domingo, dia 16 de agosto, a partir das 19.30 horas, a Comissão de Utentes da Via do Infante irá deslocar-se pela última vez à Aldeia da Coelha, em Albufeira, à residência de férias do Presidente da República. Nesta acampada, que se prolongará pela noite dentro, serão feitas as despedidas a Cavaco Silva, “agradecendo” tudo o que fez pelo Algarve, particularmente o facto de nunca ter levantado um dedo contra a imposição das desastrosas portagens e cujas consequências negativas se encontram bem à vista de todos, e até, ter incentivado o governo na implementação dessas mesmas portagens.

A Comissão de Utentes irá levar à prática outras ações pela abolição das portagens na A 22 ainda no mês de agosto e durante todo o verão. Oportunamente serão divulgados publicamente os pormenores dessas ações, devendo algumas acontecer de surpresa.

Por: A Comissão de Utentes da Via do Infante

Categories: AGENDA, Algarve

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.