Quarteira

Apresentação do Programa Comemorativo do Centenário da Freguesia de Quarteira | Vítor Aleixo anuncia um ano de comemorações com qualidade

A Câmara Municipal de Loulé promoveu ao fim da tarde de hoje no Centro Autárquico de Quarteira uma cerimónia de apresentação do Programa Comemorativo do Centenário da Freguesia de Quarteira, o qual se antevê que venha a ser O MAIS GRANDIOSO PROGRAMA DE ATIVIDADES JAMAIS REALIZADO NA FREGUESIA. Foi ainda apresentada a Comissão de Honra das comemorações.

Antes do começo da cerimónia, o Arquiteto João Pedroso oferece à Junta de Freguesia uma reprodução de um mapa de Quarteira, datado de 1934, onde se identificam  as ocupações mais antigas, a Igreja e as (agro)culturas da época.

Começada a cerimónia, apresentada por Dália Paulo, a primeira intervenção coube à presidente da Comissão de Honra, Luísa Pontes, que lembrou o riquíssimo passado da terra na altura em que tinha fábricas conserveiras, defendendo que esse passado desconhecido para muitos fosse ministrado nas escolas para o dar a conhecer às novas gerações.

Seguiu-se a intervenção do presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto, para o qual “é uma honra e um privilégio ocupar o cargo de Presidente da Junta de Freguesia de Quarteira à data em que esta terra incomparavelmente bela celebra o seu primeiro centenário. E é enorme a recompensa por constatar que, na viragem deste século, nós, quarteirenses, somos dotados da mesma determinação que levou à instalação da Paróquia Civil de Quarteira quando corria o dia 13 de abril de 1916”.

Para Telmo Pinto, “é sem dúvida a grande capacidade de participação e de resistência dos nossos antepassados que nos inspira ainda hoje. Foi às nossas mais antigas gerações que resgatámos a força, a coragem e o forte espírito de cooperação para, ao longo dos tempos, fazermos da freguesia de Quarteira um marco importante na história e no progresso do nosso concelho, da nossa região e do nosso país”.

Ainda segundo o autarca quarteirense, “fazer parte desta família de quarteirenses destemidos e participar, enquanto autarca e também como cidadão, nas grandes decisões que distinguem cada vez mais a nossa freguesia pelos mais elevados parâmetros de qualidade, é uma questão de honra mas também de profundo orgulho para mim. É corn uma verdadeira alegria que contribuo diariamente para perpetuar a maravilhosa herança da nossa terra e das nossas gentes. É corn urna entrega incondicional que trabalho dia após dia para impulsionar o protagonismo de Quarteira e promover o seu enriquecimento para que todos os que habitam nesta terra possam viver hoje com mais tranquilidade e conforto. É com sincera humildade que acredito estar a ajudar para que, no futuro, possamos usufruir de uma vida melhor e seja possível celebrarmos em conjunto todas as datas históricas da nossa freguesia com a certeza de vivermos numa terra justa e feliz”.

O presidente da Câmara Municipal de Loulé apresentou então o programa comemorativo, que decorrerá entre o dia de hoje, 13 de abril de 2016 e prolongar-se-á durante um ano, terminando no dia 13 de abril de 2017.

Vítor Aleixo garantiu “um  programa diversificado” com o lema «Da História à contemporaneidade – Construindo o Território e Religando Pessoas», “homenageando as suas gentes que, ao longo de um século, sonharam e construíram o território. É igualmente ocasião para conhecer mais e melhor a história da freguesia, bem como uma oportunidade única para perspetivar o futuro de Quarteira para as próximas décadas”.

Vítor Aleixo sustentou que o programa das comemorações dos 100 Anos da Freguesia de Quarteira “seja elaborado de uma forma participativa e colaborativa, em que todos são convidados a partilhar e a criar”, garantindo “um programa com qualidade que vai fazer-nos sentir  bem com a nossa consciência, decisores e quarteirenses”.

Nesse sentido, elencou as linhas gerais de 11 áreas temáticas, a desenvolver com a participação de todos:

1 – Laboratórios da Memória para, através do recurso à fotografia, contar a História e estórias das instituições da freguesia;

2 – Nós ao Espelho, um programa de exposições temáticas;

3 – O Longe é Aqui, com músicos de fora a trabalhar com os artistas de Quarteira;

4 – Dar Cor à Freguesia, um programa de Arte Urbana com os artistas de Quarteira;

5 – Sou do Bairro e Convido-te a…, com intersecção entre as artes e os bairros sociais;

6 – Ser Presidente de Junta por um dia, um programa para as escolas do 1.º Ciclo da freguesia que possibilite aos vencedores serem presidente da junta por um dia;

7 – Quarteira em 2027, um concurso de urbanismo para a freguesia dirigido aos 2.º e 3.º Ciclos e Secundário, cujos trabalhos vencedores serão expostos;

8 – Galeria de Autarcas da Freguesia, homenageando os executivos municipais desde a criação da freguesia;

9 – Conversas à Volta do Poder Local Democrático, um ciclo de conferências com especialistas na matéria de diversas universidades portuguesas;

10 – Quarteira em Livros com edição de livros sobre a freguesia;

11 – Memória Futura, com encomenda de um trabalho de video mapping (projeção de vídeo em objetos ou superfícies irregulares, como fachadas de edifícios e outras estruturas de grandes dimensões) sobre a História de Quarteira, a apresentar na noite de 12 para 13 de abril de 2017.

Foi ainda revelada a intenção de se iniciar ainda este ano o Centro de Artes Contemporâneas de Quarteira, ligado às artes performativas e visuais.

Por último, o público foi convidado a intervir, onde a presidente do Lions Clube de Vilamoura, Soledade Madeira, revelou que este ano se comemora igualmente o Centenário do Movimento Lionístico, sendo que Vilamoura acolherá uma Convenção Nacional, sugerindo que a mesma possa ser integrada nas comemorações do Centenário da Freguesia de Quarteira.

A cerimónia encerrou com a entrega de uma lembrança alusiva aos 100 Anos da Freguesia de Quarteira aos elementos da Comissão de Honra das Comemorações.

COMISSÃO DE HONRA: Luísa Pontes (presidente); Telmo Pinto; Gilberta Alambre; Hélder Rita; Isidoro Correia; João Soares; João Felizardo; Luís Guedes; João Carlos Santos; Isolete Correia; 1 representante da Paróquia; 1 representante da Vilamoura World; 1 representante do Colégio Internacional de Vilamoura.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Quarteira