Algarve

Filme ativista “Petroleum in Algarve” realizado por cineastas e publicitários portugueses (c/vídeo)

palp

Todos sabemos os problemas que o nosso planeta enfrenta. E todos sabemos as vantagens das energias sustentáveis. Contudo, o que poucas pessoas sabem é que desde 2002 o governo português decidiu abrir várias concursos públicos para a prospeção, exploração e produção de hidrocarbonetos em várias regiões de Portugal.

Como resposta, a PALP – decidiu juntar um grupo de cidadãos portugueses ligados ao cinema e à publicidade com o intuito de, através de um filme de três minutos, informar todos os que desconhecem o que já foi feito e o que está previsto em relação à prospeção, exploração e produção de petróleo e gás natural em Portugal, dando um enfâse maior à Região Algarvia e terminando com um apelo à população mundial.

O filme é composto por uma simples, mas esclarecedora, animação 2D e por uma locução, em inglês, que elucida o público do tema de forma simplesmente informativa.

A PALP pretende, assim, “propagar ao máximo este conteúdo. Queremos informar a população. Queremos alertar para os perigos desta atividade. Queremos mudar, enquanto podemos”.

We all know the problems that our planet’s environment faces. And we all know the advantages of sustainable energies. However, what few people know is that since 2002 the Portuguese administration decided to open several public tenders for the prospection, exploration and production of oil in some regions of the country.

As an answer to this decision, we are a group of Portuguese citizens, working on cinema and advertising, that wants through a three minute film to inform all who ignore what as been done and worst what will be made, in the matter of prospection, exploration and production of oil in Portugal, which will have its biggest focus in the Algarve region and ending with a message to the global population.

The film have a simple, but enlightening, visual component, designed mostly in 2D animation. The voice over act as the narrative line of the movie, guiding the viewers trough the images, in an informative way, but with personality.

We want to see this film as a viral content. We want to inform the population. We want to alert for the dangers of this processes. We want to act, while we can.

Categories: Algarve