Albufeira

Espécie rara de borboleta encontrada na Estação da Biodiversidade da Ribeira de Quarteira

A Estação da Biodiversidade da Ribeira de Quarteira (EBIO), na freguesia de Paderne, foi inaugurada no dia 23 de maio, com a notícia de que uma espécie rara de borboleta – a Tagis – tinha sido encontrada no local, pela equipa responsável pelo projeto. A partir de agora, o concelho de Albufeira passa a integrar a Rede Nacional de Estações de Biodiversidade, estrutura que tem por objetivo aumentar o conhecimento sobre a biodiversidade nacional, com vista à valorização do património natural, promovendo a participação dos cidadãos na inventariação e monitorização da fauna e da flora locais.   

Dia 23 de maio foi um dia muito especial para uma turma de crianças do 1º ano da Escola Básica nº 1 de Fontainhas, que tiveram o privilégio de assistir à cerimónia de inauguração da Estação da Biodiversidade da Ribeira de Quarteira (EBIO), na freguesia de Paderne, ao que seguiu uma visita guiada ao longo de um percurso pedestre de rara beleza e extrema importância a nível da diversidade ambiental.

O programa começou junto ao Açude do Castelo com os habituais discursos e explicações técnicas acerca do projeto. Desta vez o público era maioritariamente infantil e apesar de irrequietas, como é normal nesta idade, as crianças estavam extremamente atentas e dispostas a responder às perguntas dirigidos pelos adultos. Por isso, durante a sua intervenção o presidente da Câmara Municipal de Albufeira interpelou constantemente os mais pequeninos, utilizando um discurso essencialmente pedagógico. Carlos Silva e Sousa chamou a atenção para a beleza paisagística do local, bem como para o património cultural que o rodeia, nomeadamente o Castelo de Paderne e o Açude, que qualificou como “uma riqueza patrimonial e ambiental, que a partir de agora todos podemos desfrutar, de forma responsável, em passeios com a família e os amigos, não esquecendo que é fundamental saber preservar e valorizar”. Destacou, igualmente, a enorme diversidade da flora e da fauna, bem como a excelente conservação da ribeira, que contribuíram para a classificação do local na Rede Natura 2000. O autarca frisou que a abertura da EBIO de Quarteira pretende, para além da fruição do espaço por parte de todas as pessoas, assinalar o Dia Internacional da Biodiversidade, que se comemora anualmente a 22 de maio.

Ana Vidigal, vereadora com o pelouro do Ambiente, foi quem anunciou a descoberta da borboleta Tagis, visivelmente orgulhosa e feliz, não só pela descoberta em si, mas também pelo facto de a espécie ter sido escolhida pelo Centro de Conservação das Borboletas de Portugal (Tagis) para símbolo da instituição. A EBIO da Ribeira de Quarteira é uma das 5 estações a nível regional, num total de 26 de norte a sul do País, disse. A vereadora destacou, ainda, a importância desta inauguração simbólica contar com a presença de uma turma de alunos da EB 1 de Fontainhas, uma vez que ao longo do ano letivo a Divisão de Ambiente, Higiene Urbana e Espaços Verdes do Município, desenvolve um trabalho de informação e sensibilização com as escolas do concelho no âmbito da temática “Percurso de Interpretação Ambiental – Sítio de Quarteira”. Ana Vidigal exortou as crianças a convidarem pais, familiares e amigos a visitarem a EBIO da Ribeira de Quarteira, não esquecendo que durante o passeio devem “RIPAR” a biodiversidade: registar através de fotografia, identificar as espécies e depois partilhar através da plataforma www.biodiversity4all.org.

A iniciativa contou igualmente com as presenças do vereador Rogério Neto, do presidente da Junta de Freguesia de Albufeira e Olhos de Água, Hélder Sousa, de Eva Monteiro da Tagis, de Renata Santos do Museu de História Natural e da Ciência e técnicos da Câmara Municipal de Albufeira.

Categories: Albufeira