AGENDA

Lagos expõe “A MULHER, o corpo e a alma”, de Pedro Chora

A face mais conhecida de Pedro Barroso é como músico, poeta e autor-compositor com mais de 40 anos de carreira. Pedro Chora é também “artista plástico amador”, como o próprio se intitula. Lagos expõe, até ao início de agosto, a sua exposição “A MULHER, o corpo e a alma”.

Os trabalhos estão patentes nos Antigos Paços do Concelho (APC), de segunda a sexta, sendo a entrada neste equipamento municipal gratuita. O seu nome completo é António Pedro da Silva Chora Barroso. A sua face mais conhecida é como Pedro Barroso, músico, poeta e autor-compositor com mais de 40 anos de carreira. Homem de silêncios, sons, denúncias e compromissos. O heterónimo Pedro Chora é o que escolheu para aparecer, desde há mais de vinte anos, sempre que assina obras ou se trata de exibir em qualquer parte a sua faceta de “artista plástico amador”. O convívio com a genialidade do Mestre Martins Correia, de quem foi amigo, discípulo, conterrâneo, colaborador e confidente durante anos, marcou-o para toda uma opção estética de vida. Mas também a sua amizade pessoal com pintores como Alfredo Luz, Manuela Pinheiro, J. Mouga, António Carmo, Ana Paula Jesus, Kira, Mestre Mário Silva, Luzia Lage, Fernanda Assis e escultores Adália Alberto, Ella Brott, José Coelho, fotógrafo Eduardo Gageiro, entre tantos outros. A exposição está patente até 05 de agosto.

E porque em Lagos, as artes plásticas têm um lugar de destaque, há outras exposições a decorrer na cidade, em locais municipais muito perto dos APC, que os mais interessados nesta área podem visitar. A saber: no Centro Cultural de Lagos estarão patentes, entre 23 de julho e 08 de outubro, uma exposição exclusivamente dedicada a Júlio Dantas e aos 140 anos do nascimento do escritor, e a exposição de pintura de Brigitte Von Humboldt, “A Cor do Coração”. No Museu Municipal, Timo Dillner expõe, até 28 de agosto, “Contineralismo Poético – Achados”. No Largo Marquês de Pombal existem 2 locais de exposição: a Fototeca Municipal, que até 01 de setembro tem patente a exposição de fotografia de Maurício Sintra, “Fotografia – Exposição Retrospectiva 1976-2016” e no Posto Municipal de Exposições, até ao final deste mês de julho, pode visitar a exposição de artesanato de Amélia Paiva “MOOKYarte”. A não perder!

pedro_chora

Categories: AGENDA, Lagos