Loulé

SAÚDE | SUB de Loulé sem médicos

psd_loule

A saúde, ou a falta dela, tem sido uma das preocupações sempre presentes nas reivindicações de todos os cidadãos. A gestão da política de saúde, desse modo, deve ser olhada como uma aposta coerente e capaz de gerar mais-valias para quem mais precisa dela.

Olhando para a situação débil em que se encontram os cuidados de saúde em Loulé, a Comissão Política da Secção do PSD, não deixa de estranhar tanto silêncio por parte do executivo socialista local, liderado por Vítor Aleixo, outrora célere na crítica fácil e nem sempre coerente, desde que o governo não fosse da sua cor política.

Os louletanos estão recordados da conferência de imprensa bizarra dada à porta do Centro de Saúde, há dois anos atrás. Hoje, os mesmos louletanos, se ficarem doentes ou necessitarem de cuidados de saúde mais simples, são desviados para o Centro hospitalar de Faro, por insuficiência ou inexistência de médicos no SUB de Loulé.

Este desvio de doentes vai congestionar ainda mais a Urgência do Hospital de Faro, gerando o caos e dando origem a longos tempos de espera.

Sobre isto, agora, nem uma conferência de imprensa com indignação, nem sequer uma palavra. Mas não se ficam por aqui as incongruências…

Ao contrário de outras freguesias do interior do concelho de Loulé, Salir, pelos vistos, não merece nem uma palavra ou uma reivindicação.

Perante a falta de serviços condignos no Centro de Saúde de Salir, onde a prestação é claramente insuficiente para satisfazer as reais necessidades sentidas quer pelo pessoal médico quer pela própria população, o executivo socialista remete-se ao silêncio.

Foi necessária a intervenção cívica da Junta de Freguesia e da equipa de saúde local que, cientes da deficiente qualidade de prestação de serviços de saúde, concretamente no serviço de enfermagem, estão a promover um abaixo-assinado para tentar repor a normalidade exigida pela população.

Por: PSD Loulé

Categories: Loulé, Saúde