Europa

Rede Europeia liderada por Loulé | “Vital Cities” reuniram-se na Letónia para troca de experiências em prol de uma vida ativa dos cidadãos

Decorreu na passada semana, em Liepāja, Letónia, mais um Encontro do Projeto “Vital Cities”, que reuniu as dez cidades que fazem parte desta rede europeia liderada por Loulé. Com o objetivo de promover estilos de vida ativos e saudáveis, os parceiros partilharam experiências, participaram em workshops e grupos de discussão, assistiram a apresentações de especialistas e visitaram alguns pontos da cidade onde o município letão pretende intervir.

De entre as várias exposições que trouxeram a este encontro novas ideias para intervir no espaço público, possibilitando a prática desportiva e, simultaneamente quebrando barreiras sociais, destaca-se a apresentação de Enrique Orts, do Município de Valência, que veio falar da organização desportiva desta cidade, considerada um modelo em termos internacionais.

Também Mandy Ayers, membro da Physical Activity Committee, e representante da Nike, realizou uma abordagem sobre a ligação entre o nível de atividade/inatividade física e os índices de saúde.

Liepāja, com 75.000 habitantes, é a terceira maior cidade da Letónia, localizada sobre a costa do Mar Báltico. A cidade está a desenvolver esforços para promover um estilo de vida mais ativo para ajudar os seus residentes a melhorar a sua saúde. Como reconhecimento das realizações no desenvolvimento do desporto, Liepāja foi premiada com o título de “Cidade Europeia do Desporto 2016”. O Município pretende mudar o comportamento dos cidadãos em relação aos espaços públicos, para que eles sejam mais pró-ativos na sua utilização de acordo com as suas próprias necessidades.

Território da ex-União Soviética, é clara a herança do período da Guerra Fria. Nesse sentido, o grupo das “Vital Cities” realizou uma visita a Beberlini Park, antigo campo militar agora abandonado, que se pretende venha a ser convertido em espaço de desporto aberto à população, nomeadamente para a realização de atividades ligadas às corridas, paintball, softball ou ciclismo.

Para Hugo Nunes, vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé e lead partner do projeto, este encontro revelou-se bastante profícuo já que constituiu mais um momento importante de troca de experiências entre as 10 cidades, solidificando o conceito do projetos e os seus objetivos.

Financiado pelo  URBACT, um programa europeu de aprendizagem e troca de experiências na promoção do desenvolvimento urbano sustentável, “Vital Cities” é um projeto que procura combater a exclusão social através da requalificação dos espaços em áreas residenciais, utilizando o poder e a linguagem comum do desporto por meio de ações urbanas inovadoras, equipamentos físicos diversos e prestação de serviços melhor organizados e pensados para responder às necessidades da comunidade.

Para além de Loulé, esta rede é composta pelas cidades de Burgas (Bulgária), Cracóvia (Polónia), Budapeste (Hungria), Birmingham (Inglaterra), Vestfold County (Noruega), Rieti (Itália), Usti Nad Labem (República Checa), Liepāja (Letónia) e Sibenik (Croácia).

Depois do pontapé-de-saída dado na cidade inglesa de Birmingham, em julho, e deste encontro em Liepāja, está agendada para maio uma nova iniciativa conjunta em Rieti, Itália, do projeto “Vital Cities”.

Categories: Europa, Loulé