Algarve

PSD/Algarve: «1 médico para 1 milhão de pessoas na Passagem de Ano – Urgência de Ortopedia no Algarve em ruptura»

psd_algarve

O PSD Algarve teve conhecimento do despacho a fixar a escala de urgência de ortopedia dos hospitais da região, a qual prevê apenas um médico desta especialidade durante todo o dia 31 até ás 8 horas do dia 1. Esta situação é inconcebível: não permite a realização de cirurgias urgentes – o que obriga a deslocação para Lisboa – e condena os cidadãos a um pior serviço.

É sabido que na Passagem de Ano, o Algarve, entre residentes e visitantes, mais que duplica o número de pessoas e que, as ocasiões festivas, exigem sempre uma maior resposta dos serviços de saúde. No Algarve temos menor resposta.

Tem-se assistido, de forma mais aguda e recorrente, a falhas nos serviços de saúde na região, facto que é incontestavelmente atestado pela redução da quantidade e qualidade da oferta assistencial por comparação a anos anteriores. No Natal não houve urgência de ortopedia, e as demissões alegando falta de condições avolumam-se e as carências em várias especialidades também.

O PSD Algarve, exige ao Governo a tomada de medidas urgentes que garantam que esta situação é superada, em particular para assegurar a fixação de médicos na região, condição estrutural que é indispensável para elevar os níveis do SNS no Algarve.

A Comissão Politica Distrital do PSD/Algarve

Categories: Algarve, Saúde