Quarteira

Centenário do Nascimento do Poeta Pardal | Projeção de um documentário sobre a sua vida no Centro Autárquico

O Auditório do Centro Autárquico de Quarteira foi palco esta tarde de sábado, 28 de janeiro de 2017, da projeção do documentário “Mau Tempo, Marés e Mudanças”, do realizador Ricardo Costa, que já havia acontecido no verão de 2016 na Praça do Mar.

A apresentação foi feita pela neta do poeta, Ana Pardal.

Tendo Manuel Pardal como personagem central, surge em 1976 o documentário/longa-metragem em três partes, “Mau Tempo, Marés e Mudança”, realizado para a RTP.

A projeção contou com a presença de familiares do poeta e amigos da família.

Ao longo de toda a projeção, o público ia reagindo com comentários, à medida que ia conhecendo os personagens e os locais. Uma projeção muito emotiva que não deixou ninguém indiferente.

No final da projeção, outro poeta popular de Quarteira, José Martins, leu um poema de sua autoria em homenagem ao Poeta Pardal, escrito no ano da sua morte.

Mau Tempo, Marés e Mudança (1976) é um documentário português de longa-metragem de Ricardo Costa, a sua primeira docuficção: uma etnoficção. A personagem central deste filme é o poeta Manuel Pardal, repentista: um dos representantes da tradição oral da literatura popular na poesia.

Retrata também as tradições e os costumes da Quarteira de então.

O filme encontra-se dividido em três partes: 1.ª: Mau Tempo, 2.ª: Marés, 3.ª: Mudança (versão TV). Estreou na RTP em 1977.

Recordamos que em 2016. ano em que se assinalou o centenário da freguesia de Quarteira, passaram igualmente os 100 anos do nascimento de Manuel de Brito Pardal, mais conhecido por Poeta Pardal, o poeta pescador.

A efeméride foi assinalada pela Junta de Freguesia de Quarteira e pela Câmara Municipal de Loulé, em parceria com a família do poeta.

As comemorações envolveram três iniciativas:

– Descerrar de uma placa comemorativa na casa onde o Poeta Pardal nasceu, na rua com o seu nome, em Quarteira;

– Lançamento da reedição do seu livro de quadras populares «Em Cima do Mar Salgado», cuja 1.ª edição havia ocorrido em 1977;

– Projeção de um documentário sobre a sua vida.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Quarteira